GUJ Discussões   :   últimos tópicos   |   categorias   |   GUJ Respostas

Jython ou Java puro


#1

Boa tarde. Recentemente estou concorrendo a uma vaga para uma multinacional de programador Java Junior. E a empresa pediu 2 coisas para um teste futuro: Python e Jython. Minha duvida é se aprender jython vai mesmo ser possível fazer TUDO que é possível com a classes Java padrão (compilando e não apenas interpretando como python faz). Na página do jython tem exemplos bem básicos com Swing e até usando JDBC via postgre. E também consegui um livro de Jython do Jim Baker e outros autores bem elucidativo. Mas algo mais complexo (com classes invocando classes, objetos tratando dados, e “coisas” um pouco mais complexas que o Java permite) será executado REALMENTE de forma mais veloz no Jython que na JVM mesmo, com .java e .class? Outra: Já vi que recursos Web também estão disponíveis com Jython, mas por exemplo da para usar o jython com primefaces, hibernate na persistência, relatórios com JasperReport e ter um resultado igual (ou semelhante) do que com JSP?
Obrigado a todos.


#2

Nem mesmo usando a linguagem Java é necessário JSP, Primefaces, Hibernate, JasperReport, entre outras tralhas, pois são ferramentas opcionais.

Seja lá por qual motivo estejam cogitando Jython, você mesmo já deve saber que é possível atender aplicações web com ele:

http://www.jython.org/jythonbook/en/1.0/SimpleWebApps.html
http://www.jython.org/jythonbook/en/1.0/IntroToPylons.html
http://www.jython.org/jythonbook/en/1.0/DatabasesAndJython.html

Tudo tem que partir do que vai ser atendido realmente. Se o ideal para o projeto é usar linguagem mais dinâmica, preferiam Python, Ruby on Rails ou PHP, do que ficar na obscuridade do Jython. Mas se realmente apresentarem motivo, ai não posso falar nada.


#3

Então… Obrigado javaflex por responder. O fato é que muito não posso dizer porque também não sei. Até onde consegui informação foi que será 2 meses alocado no cliente fazendo levantamento de requisitos. Onde entra o Python é por causa das muitas estações Linux que o cliente tem (É… também não vejo sentido mas…) e o Jython para “tornar a compilação na JVM mais eficiente e rápida!”. Testei uma classe simples com Swing (2 textbox, 1 botão e 1 label) soma e mostra resultado (evento no botão para somar e mostrar resultado no label). Simples de tudo! Tanto .class quanto o .py mostraram desempenho igual. Aí que entra minha dúvida: Uma aplicação mais cheia de recursos, no Jython, vai se mostrar MESMO mais “rápida”? Se depende de maquina, então… sei lá!
De qualquer forma obrigado pelos link´s (já tinha visto no livro em PDF).
Até.


#4

Só você mesmo testando, porque quase ninguem usa isso pra você conseguir fácil uma resposta pronta e concreta. É o lado negativo que falei de usar algo obscuro como Jython. Mas no final das contas vai ter um programa rodando sob a JVM, só que você vai codificar com essa linguagem dinâmica.