GUJ Discussões   :   últimos tópicos   |   categorias   |   GUJ Respostas

Mudança de escopo depois que o software está desenvolvido


#1

Olá pessoal.

Estamos implantando o processo de desenvolvimento na empresa onde trabalho.
Um consultoria montou o fluxograma do processo, mas não houve a implantação e então nós acabamos precisando rever todo o processo.
Eu queria pedir a ajuda de vocês.

Uma das dúvidas que temos é:

O cliente abre uma demanda de desenvolvimento de software, é feita a documentação de Especificação Funcional e Técnica, é realizado a codificação e o software é desenvolvido e testado. No momento que o cliente vai homologar o desenvolvimento, ele decide realizar uma mudança de escopo, o que fazemos agora?
A demanda desse desenvolvimento deve ser encerrada e aberta uma nova demanda para aplicar essa mudança? Ou abre-se uma solicitação de mudança e a alteração é feita na mesma demanda?

A dúvida é... o que eu faço quando um cliente muda de ideia quanto ao que foi levantado nos requisitos? Encerra a demanda que foi aberta por ele e pede para ele abrir outra demanda para contemplar essa mudança? ou na mesta demanda a gente faz a alteração?

Agradeço muito se tiver alguem que possa ajudar.


#2

Aí depende.
O cliente é interno ou externo?
A alteração vai afetar quanto em relação ao que foi feito?
O produto como está atende de alguma maneira o cliente, ou, ficou obsoleto?
Só por curiosidade, quanto tempo levou entre as especificações e a finalização do processo?


#3

Antes de desenvolver uma funcionalidade faz um protótipo junto com o cliente, é normal o cliente não saber o que ele quer exatamente numa visão de sistema, vocês devem extrair isso dele convivendo com o processo real do negócio, extraindo os requisitos e decidindo juntos a melhor solução. Outra coisa importante, a cada parte desenvolvida já entregue para homologar, não deixe pra juntar muitas coisas pra entregar. Essas coisas vão diminuir ocorrências de grandes mudanças. E mesmo quando acontecer, independente de burocracia de abrir nova demanda ou não, deverá continuar a vida atendendo adaptações e novas necessidades, logicamente as horas serão cobradas conforme cada trabalho.


#4

Obrigada pelo retorno.

1 - O cliente é interno ou externo? [color=blue]interno. No caso a TI atende as unidades de negócio da empresa.[/color]
2 - A alteração vai afetar quanto em relação ao que foi feito? [color=blue]A alteração é de escopo. O cliente foi homologar junto com o desenvolvedor e por alguma necesidade de mercado ou por alguma coisa que ele deixou passar ele quer mudar o escopo do desenvolvimento.[/color]
3 - O produto como está atende de alguma maneira o cliente, ou, ficou obsoleto? [color=blue]O produto só atende se tiver a alteração do escopo, porque ele não homologou.[/color]
4 - Só por curiosidade, quanto tempo levou entre as especificações e a finalização do processo? [color=blue]Não tenho essa informação ainda, pois esse processo não foi implantado. [/color]

[color=blue]Eu encerro a demanda e peço para o cliente abrir outra demanda pq o escopo é diferente? Ou abro só uma solicitação de mudança ?

Eu agradeço pela disponibilidade.[/color]


#5

Obrigada pelo retorno.


#6

Em relação à pergunta 4, é o tempo entre o início do desenvolvimento até o ponto atual.

Em relação a abrir outra demanda e abrir uma solicitação de mudança, isso, provavelmente, é um posicionamento político do seu departamento em relação ao departamento solicitante. Depende mais de como vai repercutir essa decisão em outros escalões da empresa do que o fato em si.
Tem que ser levado em conta, com todo cuidado, todas as implicações. Você já tem uma avaliação preliminar do quanto vai significar essa mudança de escopo, para refazer o sistema? Tem que ver se é uma briga que vale a pena ser comprada, nessa altura da situação!
Para o cliente vai fazer diferença em relação ao sistema pretendido, se for escolhida uma ou outra opção?
PS: Escopo é muito vago para nós do lado de cá, se puder quantificar fica mais compreensivel.


#7