GUJ Discussões   :   últimos tópicos   |   categorias   |   GUJ Respostas

O que faz o UX Designer e por que essa profissão está em alta?


#1

UX é a sigla que abrevia o termo User Experience - que, em português, significa Experiência do Usuário. A área de UX Design, portanto, é a área que estuda e desenvolve o design da experiência do usuário. Isso significa ter como propósito a criação de uma experiência única e de alto nível para usuários que estejam consumindo produtos e serviços.

O UX Designer, portanto, é responsável por integrar um time que pensa sobre a identidade visual, a organização de informações, o fluxo de navegação, o tom de voz, entre outros elementos, do produto ou serviço a ser desenvolvido. Sempre visando, é claro, a satisfação do usuário durante sua experiência com o projeto.

Apesar de não ser nova, a profissão de UX Designer vem ganhando cada vez mais popularidade. O mercado, que anda mais competitivo, demanda das empresas o desenvolvimento de produtos que sejam cada vez mais originais, responsivos e atraentes para o público que se deseja atingir - para que essas organizações se destaquem entre seus concorrentes. Com isso, se cria a demanda por profissionais da área.

Entender as necessidades e desejos do usuário é essencial para criar ou aprimorar serviços que gerem altos níveis de satisfação. Como usuários querem acessar ou consumir um produto? Como eles poderão, de fato, acessar e consumir esse produto? A diferença entre a resposta dessas duas perguntas é o que faz o trabalho do UX Designer. A ideia é sempre aproximar o sonho do usuário com a realidade do produto.

Para fazer isso, um UX Designer deve passar por um processo de trabalho que envolve etapas como:

Definição de estratégias
Geração de ideias
Planejamento
Desenho
Validação e Pesquisa
Métricas
Lançamento de MVP
Testes de usabilidade

Além disso, é esperado que um UX Designer possua as seguintes características:

Ser organizado e analítico
O UX Designer é responsável por lidar com informações de pesquisas e análise de dados, com o intuito de consolidar os melhores resultados e insights para o desenvolvimento de um produto. A experiência do usuário não pode ser baseada em achismos; trabalhar em um projeto que tenha dados de pesquisas como base é o ideal.

Ter empatia
A principal função do UX Designer é trabalhar para o usuário, então nada mais natural do que saber se colocar no lugar dele. Essa atitude precisa ser feita com empatia, para que se consiga prever, com a maior assertividade possível, o que os clientes querem ou desejam. Além disso, UX Designers também são responsáveis por aplicar testes de usabilidade - sessões em que estes profissionais assistem o usuário interagindo com o produto ou serviço. Ter sensibilidade para analisar o comportamento dos usuários nessas sessões é essencial.

Ter habilidades em Design Gráfico
A experiência do usuário geralmente é liderada por times de designers e focada na criação de interfaces. Portanto, é preciso saber o mínimo sobre Design Gráfico, para que o produto final seja claro e conciso. Mas é importante frisar que essa área não deve se limitar a projetos de sites por exemplo; pode também ser útil na concepção de banners, aplicativos, sistemas e interfaces para dispositivos móveis. Outras interações que estão conectadas à área de Design e que são desenvolvidas pelos UX Designers: mapas de navegação do usuário, desenvolvimento de soluções inovadoras, prototipação, fluxo do usuário e de processos.

Ser comunicativo
Uma boa comunicação é essencial para o UX Designer. Principalmente porque é ele quem vai trabalhar com os testes de usabilidade, que geralmente envolvem perguntas objetivas para os usuários sobre as experiências que estão tendo com o produto e serviço - perguntas que precisam ser definidas com muita cautela para não comprometer os testes. São elas, inclusive, que trazem respostas que ajudam na evolução do produto ou serviço.

Abrir espaço para o UX Design dentro de uma empresa é prezar pelos níveis de satisfação dos clientes. Se o produto, ou serviço, impacta alguém de forma positiva, é possível que fidelize essa pessoa e que ela vire uma embaixadora da marca, recomendando a experiência para outras pessoas. De uma forma orgânica, ocorre o aumento no valor dos produtos e, consequentemente, da marca.

Ficou interessado nessa profissão que está bombando no mercado e quer saber mais sobre ela? Todos as definições e processos comentados nesse texto são explicados com profundidade no curso UX Design & Design Thinking: Experiência do Usuário nos negócios. Acesse e bons estudos!