GUJ Discussões   :   últimos tópicos   |   categorias   |   GUJ Respostas

Pós-Graduação em TI, qual?

java
pos
Tags: #<Tag:0x00007fea921a1240> #<Tag:0x00007fea921a1100>

#1

Eu sou formado em Sistema de Informação, tenho 36 anos, não trabalho na área de desenvolvimento Java mas estudo esta tecnologia em casa. Devido a não ter experiencia em Java porem com intuito de começar como Java Junior, me preocupo com a idade e gostaria e preciso fazer uma pós-graduação(TI), a duvida é:

1 - Seria melhor fazer uma Pós específica em Java(Pós Graduação - Projetos de Aplicações Java) ou uma Pós mais “Generica” como (Pós Graduação - Engenharia de Software com metodologias ágeis)?

Penso que fazer uma Pós mais “Genérica” como Engenharia de Software eu poderia estudar desenvolvimento Web e até estudar mais para tirar certificação e ao mesmo tempo ter uma especialização genérica.

Por outro lado, fazer uma Pós específica em Java, eu estaria concentrando todas as forças em apenas um tema…

PÓS GRADUAÇÃO PESQUISADA: IGTI - Instituto de Gestão Tecnologia da Informação. Pos-Graduação(Online) - Belo Horizonte-MG.


#2

Você precisa de experiencia acima de tudo, mais um certificado de nível “graduação” sem experiencia não vai adiantar e o tempo só vai passar. Vai aprender mais rápido em cursos normais do que em pós. De títulos, importante mesmo são mestrado e doutorado.

Depois corre atrás de freelance ou bate na porta de empresas que tenha feito estágio durante faculdade.


Mercado de trabalho para os quarentões
#3

“Pós-graduação em TI, qual?”

A Pos graduação seja ela qual for não vai te ajudar ou melhor não vai te transformar em um desenvolvedor java. Vai te favorecer sim, em 3 pontos:

1 - (se for uma Pos presencial) vai te ajudar a fazer networking com pessoal da área.
2 - Te ajuda em ter uma titulação acadêmica, que em concurso ou processo seletivo tem um certo peso.
3 - Base teorica

Porém, o networking não faz milagre, a oportunidade vai surgir, mas se você não tiver experiência pra resolver problemas reais, provavelmente a vaga não é sua.

Então, como fazer? Como entrar no mercado sem experiência, sendo que o mercado exige. A resposta é: Para se conseguir experiência o emprego não é o único caminho. Deixa eu te fazer uma pergunta, como vai seu GitHub? Tem projetos lá?

Outra coisa que passa pela cabeça: “sou muito velho pra ser um programador?” Então deixa eu te fazer uma pergunta, quando você vai baixar um APP você fica se questionando se vai baixar ou não dependendo da idade do programador ou o que vai determinar se você usa o APP é o problema que vai ser resolvido?
Pois é, o mercado tem preconceito sim, mas é com incompetência. Se você entra numa empresa, aborda um problema e sabe dar a solução é o que interessa pra o mercado, não importa idade. Porém digo, o que muda se o programador iniciante tem 20 ou 40 são as estratégias de acesso ao mercado.

Vou deixar uns vídeos aqui que vão te ajudar:


#4

Eu investiria mais em cursos práticos em escolas boas, como por exemplo Caelum, ou online como a Alura, PluralSight. Pois o dinheiro que vc vai gastar com a pós, dá pra fazer muitos cursos e aprender o que o mercado precisa (minha opinião)


#5

Nenhuma, a não ser que futuramente queira investir em cargos públicos ou almeja ser professor universitário, seguindo com Mestrado e Doutorado.


#7

Valeu André, muito válido seu esclarecimento. Obrigado a todos pela orientação…