GUJ Discussões   :   últimos tópicos   |   categorias   |   GUJ Respostas

Quais são as graduações de informática que tem média salarial nacional baixa?


#1

Eu fui informado que a média salarial nacional do curso de tecnólogo de design gráfico é R$ 1.500,00.

Quais são as graduações de informática que tem a média salarial nacional baixa?


#2

Analista UML, tecnologo de Power Point, programador Java…


#3

pfk, tecnólogo de power pointer?

Quais são os valores das médias salariais e quais são as fontes?

Eu disse que a média salarial nacional de tecnólogo de design gráfico é R$1.500,00, a fonte é: https://www.devrybrasil.edu.br/metrocamp/cursos/graduacao/design/design-grafico


#4

Uma média salarial geralmente está atrelada à um cargo/função, não à formação. Você pode se formar em engenharia de software e trabalhar como digitador, que seu salário provavelmente será próximo do salário de quem não tem formação alguma.

De toda forma, dê uma olhada em:

Abraço.


#5

Terra Skill, Help Desk Nível 1 1 mil - 2 mil?

Por favor, me diga o nome da formação desse cargo.

Deus me livre me formar para trabalhar nesse cargo, 1 mil - 2 mil.

Terra Skill, provavelmente é boa idéia perguntar o seguinte:

Quais são os cargos de informática que tem média salarial baixa e quais são as formações desses cargos?

Se é impossível citar aqui no tópico tudo isso, por favor, cite o máximo possível que você puder, mas cite os cargos que tem média salarial baixa e as suas formações acadêmicas, eu peço que diga somente formações acadêmicas porque eu penso que tem média salarial baixa todos os cargos dos cursos técnicos de informática de nível de ensino médio.

ViniGodoy, por favor, responda este tópico, eu lhe peço resposta porque provavelmente a sua resposta será uma das respostas que tem melhor qualidade por causa do doutorado que você tiver concluído.


#6

Help Desk Nível 1 é um cargo. Você pode ter esse cargo sem formação alguma, ou geralmente (mas nem sempre) com uma formação mais simples (nível técnico). Mas nada impede que alguém formado engenheiro ocupe esse cargo (seria um desperdício da formação, mas não é impossível).

Não estou entendendo bem onde você quer chegar. Por que quer correlacionar formação e média salarial? Qual o seu objetivo com essa pergunta? Mais importante: o que seria uma média baixa para você? 1500? 5 mil? 10 mil?

Como comentei, em TI, salários geralmente são atrelados à cargos/funções e a experiência, não necessariamente à formação. Um programador/desenvolvedor, por exemplo, pode ter várias formações diferentes (nenhuma, técnico, tecnólogo, bacharel, mestrado, doutorado) e seu salário pode variar com o seu nível nessa função (programador júnior-pleno-sênior, por exemplo).

Se o que você quer saber é que cargos pagam pouco (pouco é relativo, mas enfim…), basta olhar as tabelas e ter uma ideia. Ou foque em algum cargo e pergunte quais formações tal cargo poderia exigir.

Abraço.


#7

Quem trabalha com TI geralmente é auto-didata. Você definitivamente não precisa formação acadêmica pra trabalhar com TI uma vez que a maioria das coisas não são ensinadas na escola.


#8

Terra Skilll

Eu correlacionava formação e média salarial porque eu provavelmente entendi errado parte do que está escrito na página da Devry sobre o curso de tecnólogo de design gráfico que ela oferece, está escrito nessa página a seguinte média salarial antes de citar os ramos de atuação e os cargos relacionados do tecnólogo de design gráfico: R$ 1.500,00: https://www.devrybrasil.edu.br/metrocamp/cursos/graduacao/design/design-grafico

Eu não irei mais correlacionar formação e média salarial, eu entendi que em TI, salários são geralmente atrelados à cargos/funções e a experiência, não necessariamente a formação.

Eu disse Deus me livre me formar para trabalhar em Help Desk nível 1 porque além da média salarial ser a partir de 1 mil segundo o link do exame.com, eu acreditava que esse cargo exige graduação:

“Qualificação
Quando você procura um emprego, principalmente no RJ, a exigência “básica” é nível superior, inglês fluente, certificação MCSA, LPIC-2, CCNA, experiência na CLT de no mínimo 2 anos, para analista de suporte nível 1, isso tudo para um salário que gira na média de R$ 1.200,00 a R$1.500,00.”

referência: https://www.vivaolinux.com.br/artigo/O-Mercado-Obscuro-da-TI-Brasileira

Jack Laskoski disse no passado no comentário que ele fez ao post que ele colocou no BR-Linux:

“Concordo que a nossa área está mesmo prostituída em alguns segmentos e principalmente em empresas de pequeno e médio porte, que não tem discernimento para separar o joio do trigo (o profissional “barato” do bom profissional), mas isso não significa que seja uma máxima em todos os segmentos e tamanhos de empresas.”

https://br-linux.org/wparchive/2010/_os-novos-tempos-e-o-velho-problema-da-falta-de-mao-de-obra-qualificada.php

Eu não deveria ter usado as palavras “média salarial baixa”, eu deveria ter usado as palavras “média salarial prostituída”.

Eu quero saber quais são os cargos que pagam salários prostituídos e quais são as formações que esses cargos podem exigir.


#9

Olá, nem sempre o cargo que você ocupa está correlacionado com sua formação. Eu, por exemplo, sou graduado em gestão de TI, mas trabalho como programador e tenho média salarial equivalente à nacional. Escolhi programação pois foi a área que me identifiquei dentre as que estudei na minha graduação, mas para me aperfeiçoar nessa área tive que buscar sozinho outras fontes, pois meu curso não focava nisso.

A pergunta a se fazer é: qual minha área de interesse? Pois se você gostar do que faz as chances de fazê-lo melhor e ser mais reconhecido são maiores.


#10

“Qualificação
Quando você procura um emprego, principalmente no RJ, a exigência “básica” é nível superior, inglês fluente, certificação MCSA, LPIC-2, CCNA, experiência na CLT de no mínimo 2 anos, para analista de suporte nível 1, isso tudo para um salário que gira na média de R$ 1.200,00 a R$1.500,00.”

Se está na internet, é verdade.

Estranho é o cara se submeter ao uma vaga dessas com esse conhecimento.


#11

Terra Skilll

Eu não sei porque você não respondeu a minha última mensagem, por favor, responda no mínimo parte dela.

Jack Laskoski disse no passado no comentário que ele fez ao post que ele colocou no BR-Linux:

“Concordo que a nossa área está mesmo prostituída em alguns segmentos e principalmente em empresas de pequeno e médio porte, que não tem discernimento para separar o joio do trigo (o profissional “barato” do bom profissional), mas isso não significa que seja uma máxima em todos os segmentos e tamanhos de empresas.”

https://br-linux.org/wparchive/2010/_os-novos-tempos-e-o-velho-problema-da-falta-de-mao-de-obra-qualificada.php

Eu não deveria ter usado as palavras “média salarial baixa”, eu deveria ter usado as palavras “média salarial prostituída”.

Eu quero saber quais são os cargos que pagam salários prostituídos e quais são as formações que esses cargos podem exigir.


#12

Quanto mais básica e restritiva a graduação, genericamente falando, menor o salário.

Claro que existem exceções, e nessa área a exceção é quase a regra! Mas tentando ser mais genérico, cursos como Ciência da Computação e Engenharia da Computação tem uma maior aceitação no mercado (não vou entrar em detalhes como: “a mais um tecnólogo em tal lugar é melhor que EC naquele outro”, vamos imaginar a comparação sempre como se os formados fossem todos da mesma instituição), são cursos bem genéricos dando uma ampla área de atuação para o profissional, também tem concursos que restringem a vaga apenas a essas duas formações.

Tem Sistemas de Informação também, este, na teoria, é mais voltado a gestão de sistemas do que propriamente a criação destes (og tem grades por ai que já fugiram totalmente disso), essas 3 seriam as “formações clássicas”, muito bem reconhecidas no mercado.

Dois cursos que estão aparecendo muito são Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Engenharia de Software, sinceramente nunca vi nem imagino uma empresa colocando alguém como analista ou engenheiro de software só por causa de diplomas! Este tipo de posição normalmente é alcançado com a experiencia trabalhando como programador. Recomendaria apenas pra quem já tem experiência como programador e quer subir na carreira.

Ai tem vários outros cursos que iria ficar um dia aqui buscando todos, mais a maioria bem especifico a uma determinada atividade e no geral são cursos mais novos e as vezes ainda enfrentam alguma desconfiança, sendo assim estas formações acabam tendo um menor número de oportunidades e consequentemente um menor salário.

Obs: Antes que venham de mimimi, leiam e interpretem! Sim tem aqueles que até sem formação ganham mais que graduados, tem aqueles que com uma formação bem restritiva ganham mais que bacharéis (Eu tive professor em Instituto Federal com licenciatura em informática ganhando 10k, e colegas em TI com CC ganhando 3.5k), o que tentei foi dar uma visão bem ampla e genérica.


#13

Não respondi porque não acho que tenho a resposta que você quer. Não concordo muito com a expressão “prostituída”, então não comento sobre.

Salário é uma questão relativa. O que é baixo pra você, pode ser mais que o suficiente pra outro. Quanto seria um valor baixo para você? Praticamente todo mundo começa ganhando pouco, resta ter em mente que esse é um primeiro passo, não a carreira inteira. Sempre buscar evoluir.

Em TI, as formações para diversos cargos variam muito. Para um programador iniciante, por exemplo:

  • autodidata;
  • cursos livres (Caelum, GlobalCode);
  • técnico (ETEC, Senai);
  • tecnólogo (SI, ADS);
  • bacharelado (CCp);

Obviamente, formações diferentes podem ser exigidas para vagas diferentes. Mas a coisa é bem mais flexível que outras áreas, embora acredito que curso superior seja pré-requisito hoje em dia.

Por que você mesmo não faz essa pesquisa? Pegue os cargos que te interessam e veja quais as formações e conhecimentos pedidos, e como podem ser obtidos. Traga uma conclusão que possamos comentar em cima, não fique só esperando uma resposta.

As empresas tentam contratar o melhor profissional possível pelo menor valor possível. Isso é óbvio. Também há o fato de que quem recruta (RH, empresas de colocação) não costumam compreender as nuances de determinadas funções. Juntam todos os tipos de programador, misturando com design, dentre outras coisas. Nesse cenário, surgem essas vagas com requisitos totalmente fora do necessário para o cargo. É raro ver uma vaga bem descrita, tanto quanto às tarefas e função quanto aos requisitos.

Abraço.


#14

Terra Skilll

Você disse que não respondeu porque não acha que tem a resposta que eu quero, não concorda muito com a expressão “prostituída”, então não comenta sobre.

Qual é a sua opinião sobre o comentário de Jack Laskoski que eu citei?

“Concordo que a nossa área está mesmo prostituída em alguns segmentos e principalmente em empresas de pequeno e médio porte, que não tem discernimento para separar o joio do trigo (o profissional “barato” do bom profissional), mas isso não significa que seja uma máxima em todos os segmentos e tamanhos de empresas.”

https://br-linux.org/wparchive/2010/_os-novos-tempos-e-o-velho-problema-da-falta-de-mao-de-obra-qualificada.php


#15

[quote]
Qual é a sua opinião sobre o comentário de Jack Laskoski que eu citei?

“Concordo que a nossa área está mesmo prostituída em alguns segmentos e principalmente em empresas de pequeno e médio porte, que não tem discernimento para separar o joio do trigo (o profissional “barato” do bom profissional), mas isso não significa que seja uma máxima em todos os segmentos e tamanhos de empresas.”[/quote]

Todas as empresas, de todos os portes, tem esse problema. Não é exclusividade de pequenas e médias. É inerente à tarefa de contratar alguém o risco de o contratado não atender as expectativas. O que muda é que empresas maiores, por terem mais capital e mais mão de obra, o custo operacional de uma contratação ruim é menor. Quanto você tem 100 programadores Java, se um deles tem mau desempenho, não é tanto problema. Mas se você tem 3 programadores, é um problema muito maior.

Pra mim, essa discussão não está avançando. Então, me diga: quanto seria, para você, um salário ruim/média baixa/“prostituído”? Qual o seu objetivo com esse tópico?

Abraço.


#16

Terra Skilll

Para mim, salário prostituído é o salário que eu citei acima segundo o artigo que foi postado no Viva o Linux, o cargo exige super-homem, mas paga salário pior do que de técnico de nível de ensino médio de outras áreas.

O meu objetivo com esse tópico era saber quais são os cargos que pagam mal para eu evitar as formações que esses cargos exigem, por exemplo, para eu evitar o cargo de analista de suporte nível 1 que eu citei acima segundo o artigo que o Fabrício postou no Viva o Linux.

Eu postei esse tópico porque eu acreditava no comentário que eu citei acima de Jack Laskoski, ele disse que a nossa área está mesmo prostituída em alguns segmentos e principalmente em empresas de pequeno e médio porte.

Se não é verdade que a nossa área está mesmo prostituída em alguns segmentos e principalmente em empresas de pequeno e médio porte, eu não deveria ter postado parte do que eu postei nesse tópico.

Eu pergunto: Porque ViniGodoy não responde?


#17

Normalmente as graduações de TI pouco tem relacionamento com o cargo.

Ciência da Computação, Engenharia de Software, Sistema de Informação, Gestão em TI, Analise e Desenvolvimento de Sistemas, Engenharia da computação, etc.

Você vai encontrar profissionais com qualquer uma dessas formações em qualquer cargo/área de TI(suporte, infra, desenvolvimento, etc) ou até mesmo sem nenhuma delas.


#18

Então, pelo artigo, “prostituído” é abaixo de R$ 2001,00 pra programador? Qualquer coisa acima disso é ok?

Se quer saber os cargos e formação requerida, só olhar em sites de empregos. Por exemplo: https://www.infojobs.com.br/vagas-de-emprego-programador.aspx?isr=3 (vagas com oferta acima de 2000).

Não sei se é verdade que a área está “prostituída”. Há vagas ruins e vagas boas. Só que você insiste em fazer uma correlação entre formação e cargo. Se você se formar em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, pode encontrar vagas pagando 1800, mas também pagando 2800. Você deixaria de fazer ADS só porque 1 vaga, dentre várias, oferece menos de 2000?

PS: nenhum usuário é obrigado à responder um tópico, e não basta você colocar o nome dele para marcá-lo: tem que colocar @ antes de digitar o nome.

Abraço.


#19

O que vale é experiencia. Eu não tenho formação superior completa mas tenho mais de 10 anos de experiencia na área e recentemente recusei uma oportunidade de ganhar 8 mil numa empresa de pequena/medio porte (startup).
Pra quem esta se formando agora, 2 mil ta bom demais.

ps: Eu comecei ganhando 2.2 mil, mas na época o Brasil ainda não tinha dado P.T.


#20

@Terra Skilll

Para mim, salário baixo/prostituído é salário pago por cargo que exige ensino superior, mas o salário é igual ou menor do que o salário de qualquer curso técnico de nível de ensino médio de qualquer área que é regulamentada.

Para mim, é baixo o salário do cargo de analista de suporte nível 1 que eu citei acima segundo o artigo do Viva o Linux, Deus me livre me formar em ensino superior, ter inglês fluente, certificação MCSA, LPIC-2, CCNA, experiência na CLT de no mínimo 2 anos, para analista de suporte nível 1, isso tudo para um salário que gira na média de R$ 1.200,00 a R$1.500,00.

Será que existe alguém que aceita esse cargo???

Por favor, peço que me digam quais são as formações que são exigidas pelo cargo analista de suporte nível 1, eu quero saber porque estou curioso, não mais para evitar os cargos que exigem ensino superior, ter inglês fluente, certificação MCSA, LPIC-2, CCNA, experiência na CLT de no mínimo 2 anos, para analista de suporte nível 1, isso tudo para um salário que gira na média de R$ 1.200,00 a R$1.500,00, não irei evitar determinada formação por causa de uma vaga.