GUJ Discussões   :   últimos tópicos   |   categorias   |   GUJ Respostas

[RESOLVIDO]Quais passos para retornar a TI?


#21

Se você diz deve ser verdade.


#22

@javaflex Eu entendo o que você quer dizer é fico agradecido pela dicas, mais vou fazer isso mesmo, vou estudar mais, criar mais e tentar trabalhos freelas pra testar meu conhecimento e grau de evolução, depois analiso a hipótese de trocar de empresa ou não …
Valeu novamente e não me leve a mal.


#23

@jonas.cant valeu pela ajuda, vou pesquisar e dar uma olhada nessa matéria …
Grato pela atenção.


#24

Olhe tenho uma certa experiência com contratações, e não é que haja preconceito com idade, porém as empresas costumam contratar pensando no custo x benefício, sendo assim vc tem que parar e analisar, onde possuo vantagem em relação a um candidato mais jovem?

Algumas delas:

  • Maturidade (não é uma regra mas esperasse)
  • Ter família costuma trazer mais confiança de um profissional que não irá ficar pulando de galho em galho por 100 pila a mais no salário, e sim alguém que vai prezar pela oportunidade, buscar estabilidade e crescer na empresa
  • Não sei o que fazia antes, mas muitas vezes pode-se aliar o conhecimento do antigo emprego para lhe dar uma vantagem
  • Indica de que não possui uma vida social tão ativa, diminui a chance de chegar de ressaca e faltar no emprego (claro como todos os outros, são indicativos que equipes de RH levam em conta na hora da seleção)
  • As empresas hoje prezam pelo fator de inclusão, normalmente grandes empresas tem programas de recolocação
  • Algumas outras que cabe a vc identificar na sua situação

Ai vai de vc analisar suas vantagens e desvantagens e buscar empresas que procurem profissionais com o seu perfil

E no final tudo se resume ao que a maior parte do sucesso no mercado se resume, marketing! Vai de vc saber vender o seu peixe!

Mas esteja consciente, [quote=“Marcenzoemail, post:17, topic:357922”]
Obrigado pela dica é ajuda, não quis desmerecer seu conselho, apenas desejo um trabalho mais interessante e quem sabe rentável…
[/quote]

vc vai ingressar no mercado como junior, ou seja, salário de junior.

Mas uma coisa é certa, vagas na área tem. Tem empresas pegando jovens que nem sabem programar mas tem interesse e treinando estes pois faltam profissionais no mercado, ainda mais profissionais sérios e comprometidos, muitos entram nesse mercado esperando o mundo encantado de trabalhar em casa, fazendo horário e ganhando fortunas e não conseguem se adaptar ao mercado real, não seja um desses e certamente terá sucesso.


#25

Não li a matéria, mas tem muita gente com +40 anos em TI. Isso não sou eu que estou dizendo.

Agora se o que vc/a matéria esta dizendo é que as empresas não contratam quem tem +40 e sem conhecimento, isso é mais que óbvio não é mesmo?

Só que neste caso o problema não é a idade, e sim a falta de conhecimento, como disse o Andre.


#26

Meu caro, em momento algum eu afirmei que as empresas não contratam pessoas com mais de 40 anos. Seria uma afirmação um tanto quanto tola da minha parte. O que eu disse e o que a matéria comprova é que quanto maior a idade maior a dificuldade em conseguir um emprego na área de tecnologia. E na minha opinião nem precisa da matéria pra comprovar, porque muitas outras áreas passam por esse problema, quem dirá a área de TI.


#27

@mate boa tarde, estou muito grato pelas informações que você está me passando, vou me atualizar, estudar mais e tentar faZer uns projetos para terceiros, assim que me sentir mais seguro vou atrás de vagas …

Quero agradecer pela atenção e compreensão.


#28

Uma pergunta: Quando você baixa um App para seu celular, você utiliza o aplicativo baseado no problema que ele esta resolvendo? Ou você utiliza o aplicativo porque foi um jovem de 20 anos que fez? Pare e pense.
Eu utilizo o App baseado no problema que ele esta resolvendo, nunca parei pra pensar se o desenvolvedor tinha 20 ou 40 anos.
Outra coisa, quando se quer trabalhar com T.I e o enunciado do post é: “Quais passos para retornar a T.I?” Logo entendo que para se trabalhar com T.I existe diversas formas: emprego formal CLT, consultoria, prestação de serviço via PJ, programador freelancer etc. O que vai balizar de fato a permanência do profissional na área é a COMPETÊNCIA.

Muito legal a pesquisa que você trouxe pra discussão, mas não serve, explico:

A pesquisa é um retrato dos gigantes de tecnologia dos EUA, logo não traz com precisão a realidade brasileira.
Eu já trabalhei em algumas empresas de tecnologias, nunca senti esse tipo de problema. Mas entendo que no mercado há de tudo um pouco.


#29

Perfeito sua colocação!


#30

Isso é muito comum na nossa área, a pessoa lê uma matéria sobre gigantes como google e sai achando que se aplica na realidade das empresas de “tecnologia” aqui no Brasil.


#31

Na are de TI tem muito gente arrogante, Mais te digo uma
coisa tenta não entrar em empresa de consultoria, porque eles pegam novos
clientes o tempo todo e você nunca terá sossego, vai ficar sempre preocupado
nos fins de semana e etc…


#32

@pfk66 valeu pela debate .
Grato pela compreensão e atenção…


#33

@PotterMan opa valeu pela dica, vou me lembrar disso assim que estiver apto a concorrer alguma vaga um dia …

Grato pela dica…


#34

Concordo com tudo o que você disse. Fico me perguntando se eu falei algo contrário a isso, mas acho que não…

O fato é que há sim preconceito com idade, não tem como negar isso. Se no Brasil tem menos que no exterior, pode ser que sim.


#35

Respeito sua opinião.


#36

#37

Johw! Vai pra parte de analise de dados (Em Java) que vc ganha mais… você já tem aplicação desenvolvida em java?


#38

@PotterMan agradeço pela dica, gosto de programação, tanto desktops ou web etc estava pensando em me arriscar em aplicativos .
Mais isso é pra depois…
Valeu novamente


#39

Olá,

Tenho 39 anos, trabalho com informática há 20 anos, porém em setores como suporte e infra. Possuo certificação ITIL e todos os cursos sobre sistemas Microsoft e Linux.

O conhecimento adquirido com suporte e infra não acrescenta em nada para o desenvolvimento, logo é uma caminhada totalmente diferente.Devido a possuir diversos contatos com empresas de software house, seria até possível conseguir um estagio, mas não optei por esse caminho, pois tenho família e não poderia reduzir drasticamente minha renda.

Então eu fiz um curso superior focado em desenvolvimento e comecei a desenvolver pequenos sistemas, no inicio apenas pra automatizar minhas tarefas diárias, depois para atender pequenas demandas de meus clientes (sem cobrar), Agora trabalhando em software ao qual existe uma demanda no âmbito dos meus clientes tradicionais (suporte e infra), penso no futuro trabalhar apenas com desenvolvimento, porém isso é um processo gradativo.

Sugestão: Cole em quem já esta na área, pesquise sobre o mercado, umas sugestões legais:


#40

@andrebmarinho muito legal essa sua ideia, vou fazer isso, começar a fazer sistemas para meus conhecidos e ver quais suas necessidades relacionado a tecnologia.
Se precisam de sistemas, sites , aplicativos e etc …

Mais uma vez muito grato pelas dicas.