GUJ Discussões   :   últimos tópicos   |   categorias   |   GUJ Respostas

Sobre ser free lancer


#1

Ai galera, to estudando programação( por enquanto por conta própria, ainda não entrei na facul) e gostaria de saber, quando eu " terminar" meus estudos, o mais ideal seria já da inicio na minha carreira free lancer ou seria mais ideal trabalhar em alguma empresa pra meio q ganhar experiência? Gostaria de vossas opiniões


#2

Seu objetivo final é ser freelancer ou gostaria de ser funcionário de alguma empresa em algum momento?

Não existe caminho ideal. Muita gente se dá bem como freelancer, outros como funcionários. Ambas as experiências são válidas, e se complementam de certa forma. Estar numa empresa te ajuda a entender como trabalhar em equipe e se comunicar, como melhorar seu código com base no dos outros, além de ser uma boa por causa dos contatos. Já estar por conta própria ajuda a treinar o foco nas tarefas, gestão de tempo e como fazer marketing de seus serviços, dentre outras coisas.

Abraço.


#3

Concordo com o TerraSkill, ambos são bons, depende do teu perfil. Ser freelancer é difícil, pois precisa ter contatos, fazer makerting, pra conseguir clientes, e precisa ser bom para conseguir entregar os projetos. Mas tem mtos que conseguem. Não foque em apenas uma coisa, se aparecer freela e conseguir da conta, pega, senão corre atras de emprego.


#4

O meu objetivo final seria criar uma empresa. Aqui na minha cidade não é tão grande porem tem diversas empresas e não tem nenhuma empresa de desenvolvimento de software, mas não queria começar logo com empresa, eu começaria como freela pra ter uma ideia. Muito obrigado pela sua resposta xD


#5

Entendo, tava com esse receio de ser muito instável mesmo. Valeu xD


#6

Se você acha viável e que possui o preparo necessário, pode começar como freelancer. Como o igor_ks falou, se aparecer os freelances e você conseguir dar conta, ótimo. Já é um caminho para o seu objetivo de ter uma empresa.

Abraço.


#7

Valeu, abraço.


#8

Talvez elas faliram?

Isso pode ser um sinal pra não começar uma empresa de desenvolvimento de software ali. Pelo menos não voltada para o mercado local.


#9

Muito cedo pra fazer planos. E quando tiver na faculdade, a primeira coisa que deverá se preocupar é fazer estágio para ganhar experiência real junto a pessoas experiêntes. Depois as coisas vão acontecer conforme as circunstâncias da vida e de acordo com a melhor oportunidade que surgir.


#10

O ideal era não precisar estudar e talvez nem trabalhar! Brincadeiras a parte, meu ponto é que no mundo real não existe o ideal.

O que você vai precisar e de experiência, você só vai aprender e dominar as coisas só depois de muito tempo de prática, isso faz parte do que é estudar. Experiência é fundamental, só ter noçoes do conteúdo não basta.

Eu diria que é bom você assim que for capaz de desenvolver algo, já ir criando seus projetos pessoais mesmo enquanto estuda e depois se conseguir comercializar isso ou as habilidades decorrentes disso seja como Freelancer, Empresário, para uma empresa de terceiros ou na área de pesquisa, vá adiante.

Não espere que um curso seja técnico ou superior vá te tornar profissional… o curso ajuda bastante ao te expor a várias coisas, mas ensino formal não é estritamente necessário, muito menos impeditivo a você já ir trabalhando mesmo que por hobby.

Os melhores profissionais que conheço são os que já conheciam de desenvolvimento de software antes de ter qualquer tipo de curso superior, acho que é porque o cara consegue aproveitar muito mais de uma faculdade por relacionar com o conhecimento prévio. E não falta gente com graduação que é um zero à esquerda porque nunca se interessou pela área exceto pelo diploma.


#11

Na minha opinião, pra trabalhar como freelancer o programador precisa ter uma experiência muito boa, porque vai ter que se virar com tudo. A não ser que trabalhe como freelancer internamente em alguma empresa com outros programadores, o que não acho viável porque, mesmo ganhando mais, não terá os mesmos direitos e benefícios que um contratado.

Antes de ser freelancer eu recomendo que você adquira experiência trabalhando em empresas como programador efetivo, a não ser que você realmente consiga se virar com todos detalhes que envolvem o desenvolvimento de sistemas.

E não esqueça que se você criar um sistema pra vender, será quase como um casamento com o cliente. Certamente ele vai te importunar o resto da vida. Geralmente os usuários nunca estão contentes. Nesse cenário, prepare-se pra perder noites, finais de semana, feriados, etc.

Boa sorte e bons estudos.


#12

Ah sim, eu já desenvolvo pequenas aplicações. Eu meio que finjo q tenho uma empresa q ela tem necessidades e vou tentando solucionar. To criando agora um sistema de cadastro de usuario/clientes. Tenho praticado bastante xD


#13

Opa, valeu, era de fato isso que eu tava preocupado, estando sozinho vou ter que ter conhecimento sobre muitas coisas. Abraços.


#14

Tem razão. Quando vejo algum anuncio de emprego sempre tem diversas tecnologias exigidas e quase sempre pedem experiência com elas, vou ter q ralar bastante :wink:


#15

Pelo que eu soube de um antigo professor, nunca teve, tem uma q é a dele q desenvolve apenas sites, o meu foco seria geral. Mas vc me plantou uma duvida sobre se eu de fato teria mercado, engraçado não ter nenhuma, talvez não tenham necessidade. Valeu e abraço