GUJ Discussões   :   últimos tópicos   |   categorias   |   GUJ Respostas

Valor de hora para um arquiteto Java


#1

Olá pessoal!

Como trabalho no meio militar, estava curioso para saber quanto é o valor de mercado de um arquiteto Java sênior. Peço para especificar a localidade (que tem influência no valor) e se esta hora é de uma consultoria esporádica (10 ou 20 horas) ou de um emprego full time (+160 horas por mês).

Já agradeço antecipadamente por todas as respostas!


#2

RS

10-15 horas: depende mto do cliente, problema, etc.
full time: ~35


#3

RJ

Full time em fabrica de software
Arquiteto "Junior": ~38HH
Arquiteto "Senior": ~50HH

Já os esporadicos, conheço outros arquitetos que ganham ~100HH em 20-30 horas no cliente...


#4

Alguém da região de São Paulo?


#5

Eu...

Conheço arquitetos que ganham de 30 a 50, e conheço outros auto-intitulados "arquitetos" que ganham bem mais que isso, tudo é questão de oportunidade e situação da empresa.

As públicas pagam mais, normalmente.


#6

Como assim "auto-intitulados" arquitetos???


#7

Ele tem o título de arquiteto, mas se vc perguntar se ele usa entity bean ou session bean ele te responde que não sabe, ou "vou analisar" ; ou então quais os padrões que ele usa na aplicação e ele responde: "que eu me lembre só aquele single alguma coisa" :lol:


#8

Olá,

O triste é que muitas empresas nem sabem o que um arquiteto realmente deve conhecer. Por exemplo, em uma empresa que trabalhei recentemente havia uma pessoa que trabalhava comigo e o pessoal da empresa a chamava de arquiteto. Ela dizia pra todos que não era, mas mesmo assim o pessoal da empresa insistia em atribuí-la o cargo. A pessoa conhecia bem as tecnologias que utilizava, era um ótimo profissional, mas pra ser um arquiteto até ela mesma reconhecia que ainda faltava.

Pelo menos onde trabalhei, o bom projeto de software é muito pouco valorizado nos dias de hoje, infelizmente. :roll:


#9

Esses são os masters masters !!!!!
30 acho muito pouco, não conheço ninguém que trabalhe como arquiteto por isso (arquiteto, não pseudo-arquitetos).


#10

axo que varia de acordo com o projeto.. se é critico ou nao.. tamanho, prazo, nivel da equipe..

existem arquitetos bons e ruins.. experientes e os que tao comecando..
juniors e seniors..

pra um projeto critico, grande, axo que comeca por 45..

pra um sistema qualquer um arquiteto junior pode ta nessa faixa de 30/35 tranquilamente


#11

Bom, o que esse arquiteto vai fazer ? Montar a arquitetura, definir tecnologias ? esboçar modelo de desenvolvimento ? implementar casos de uso ? fazer testes ? dar treinamento ? Validar requisitos funcionais e não funcionais ? Configurar ambiente dos programadores ? E depois do período inicial ... que a arquitetura já está definida, e começa mais o trabalho operacional e braçal mesmo ? o que ele iria fazer ?

Definir uma função como arquiteto sem definir atribuições para tal pode ser meio complicado. Mas dentre os valores que vejo, é o profissional da área técnica mais bem qualificado, pelo nível de conhecimento e experiência.

No mínimo um arquiteto deveria ganhar como PJ 40 reais a hora.


#12

Bom, o Phillip Calçado tem um post legal no seu blog que diz o que seria um arquiteto de software. Concordo com a maioria dos pontos ali.

:arrow: O que é um arquiteto?

Mas partindo para outro lado, nas empresas que trabalhei ultimamente ou não lembro de ter visto esse papel, "arquiteto de software", ou simplesmente o vi destorcido.

Sem querer ofender ninguém, tenho visto muito analista que nunca escreveu uma linha de código sequer dando uma de projetista de software. "Ah, o sistema vai ter essas classes..." (ele faz o modelo de domínio). "Ah, os objetos do sistema vão se comunicar dessa forma" (ele faz diagramas de sequência e colaboração). Não que o modelo de domínio seja o modelo de objetos de software propriamente dito, mas isso não é ultrapassar as funções de um analista? Só eu que vejo isso? E por que será que isso acontece? Os currículos das faculdades não incluem uma disciplina "projeto de software"? Ou os analistas chegam a isso porque falam a língua dos gerentes, e por isso acabam abocanhando essas funções, erroneamente atribuídas?

:?


#13

Se em são paulo já está difícil achar Programador Java Pleno por 40 reais, imagina arquiteto...


#14

Eu li, um cara desse tem que ganhar $$$$. Entenda as atribuições que um cara desse tem:
Tem que saber programar: $$$
Tem que saber fazer análise: $$$
Tem que saber negociar: $$$
Tem que saber falar inglês: $$$
Tem que pesquisar SEMPRE!: $$$
Tem que dedicar muitos de suas horas livres para leitura de artigos e ir a palestras: $$$
Enfim, não tem como um cara desse não ganhar bem. É muita dedicação para pagarem "cem real e o busão".
[]'s


#15

Uma vez contratei um arquiteto, e ele me entregou um desenho da minha casa... não entendi nada. hehehe

Mas falando sério, hoje aqui em São Paulo, por menos de 45 um arquiteto não anota nem o endereço pra entrevista.


#16

aproveitando o topico qual os conhecimentos que diz que vc eh uma programador java junior e o senior?
e os salarios ta em media de quanto? alias eu vejo hj mais os rh solicitando analista programador heeh acho que programador ta sumindo do mercado para os rh...


#17

Você vê mais vagas de programador porque a proporção são de 10 programadores para 1 analista e 1 arquiteto.
Bem, o mercado entende assim:
1 ano - Java Junior - não sei quanto é o valor, acredito em 30 reais/hora;
3 anos - Java Senior - tá inflacionando barbaridade, hoje está por volta de 45/50 reais hora.
Analista/Arquiteto - Geralmente são contratados para serem mais "fixo", o valor está por volta de 5/6 mil CLT, mas como disse, depende do projeto, depende da empresas. Levando em conta todos os benefícios, dá por volta de uns 7 mil CLT e 8 mil PJ. Já vi projetos que pagam até 10 mil, mas geralmente a alocação é por curto tempo (geralmente depois que resolveu tudo acham que pagam muito para você). Geralmente quem ganha isso é cara que está no mercado a uns 10 anos e migrou de outras linguagens ou plataforma. Ou seja, um analista que sabe programar em Java mas manja de VB, Delphi ou Clipper e conhece bem de banco de dados (SQL Server, Oracle, DB2, Sybase, etc). Sabe trabalhar com ferramentas CASE (Rose ou Erwin), e conhece um pouco de engenharia de software (não só orientação a objetos). Ou seja um cara com bagagem grande, que geralmente é capaz com um pouco de treinamento programar em qualquer linguagem e resolver qualquer problema.
Eu vejo o mercado bem dividido assim.


#18

Eu coloco como algumas funções do arquiteto:

  • Desenvolver a arquitetura inicial da aplicação
  • Escolher os frameworks que serão utilizados no desenvolvimento
  • Extender ou desenvolver frameworks mais específicos para a aplicação
  • Se preocupar com requisitos não-funcionais como segurança, performance, escalabilidade, flexibilidade e etc...
  • Atuar no desenvolvimento de funções mais avançadas que terão efeito em toda a aplicação como mecanismos de segurança e de otimização de performance, por exemplo.
  • Planejar extensões previstas para o software sem sobrecarregar o desenvolvimento no presente.
  • Coordenar o desenvolvimento da aplicação e garantir que a arquitetura está sendo seguida
  • Auxiliar os desenvolvedores no aprendizado das habilidades necessárias para a implementação segundo a arquitetura
  • Definir e trabalhar na interface de integração com outras aplicações.

Não vejo o arquiteto trabalhando diretamente na parte funcional, pelo menos não no dia-a-dia. Eventualmente o arquiteto pode até pegar uma funcionalidade mais complicada para fazer, mas normalmente ele enxerga a aplicação de um ponto de vista mais não-funcional.

Pelo menos este é o meu ponto de vista... Se alguém tem uma opinião diferente ou deseja complementar alguma coisa, acho que o espaço é este...


#19

Onde um programador junior ganha isso?!?!? Em São Paulo é que não é. Aproveitando, me diga o lugar, porque sou pleno/quase senior e sei que iria ganhar beeem mais que um junior!!!

:?


#20

Junior em São Paulo fica em torno de 15~25.