GUJ Discussões   :   últimos tópicos   |   categorias   |   GUJ Respostas

Criando sistema do zero- Começar pela codificação da regra de negócio ou pela interfaca( Swing)


#41

“3 Bilhões de Telefones Celulares Executam o Java”

Vamos começar a contar então, você ainda usa celular com Symbian?


#42

3 Bilhões de Telefones Celulares Executam o Java"

Vamos começar a contar então, você ainda usa celular com Symbian?

O que existe e’ um mercado potencial mundial que usa java e se pode lucrar com ele.

Como aconteceu com o whatsapp, ao contrario do que pensam, a maioria absoluta de usuarios dele era e continua sendo j2me.;

Eu sou a minoria, para de pensar que somente existe eu e você no mundo.


#43

Se pra você a maioria hoje em potencial usa Symbian, ao invés de Android e iOS, tudo bem, não vou discutir sobre isso.


#44

Pega os dados da venda do whatapps e você vera que não sabe onde o galo cantou.

Que alias, voce devia usar seu tempo pra ajudar gente em dificuldade com C#, deixa de ser invejoso em relação a Java.
e para de encher o saco.


#45

Tudo bem, boa sorte com j2me.


#46

Tudo bem, boa sorte com j2me.

Obrigado e boa sorte com C#, e vê se some das postagens do Java.

O que as pessoas ignorantes precisam entender e’ que eu não preciso sempre de um computador de mao com uma ram de 8 giga custando 1500 reais, pra programar um chip por exemplo que vai consumir 200 kbytes e custa R$ 8,00.


#47

Caramba o @j-menezes escrevendo merda aqui também.
Não liga não @javaflex, da próxima vez só olha de quem foi a resposta, dependendo nem responde de novo.


#48

Pra vc ve, não e’ somente voce que tem o prazer de cagar.


#49

Pois é cara, tem que ficar ligado.


#50

E’ javaflex aproveita a dica e muda o seu tambem !! alias sugestões não vão te faltar.


#51

Seja mais profissional e menos infantil.


#52

Olha só quem fala !!! o cara programa C#, usa windows e acha que é profissa mesmo!!
Faça-me rir. !!!
Teve uma epoca que programar em clipper alguns programadores diziam que era o mesmo que mexer com droga.


#53

Eu desenvolvo pra atender o que meu cliente usa, sou analista de sistemas, não sou programador da linguagem X.


#54

Por isso você escreve tanta asneira. Eu devia mesmo ter desconfiado, não programa uma linha e fica dando pitaco em quem programa java.


#55

Aprende a interpretar textos rapaz.


#56

Ainda nisso? Cara Java, C# nada disso importa o que importa é o produto final, se vai ser em JavaFx, Swing, Forms, WPF, JSF, ou sei lá o quê, o que manda é o que você domina.


#57

Isso e’ falsidade ideologica, uma hora programa C# outra hora não programa mais, fala serio, deixa de ser ridiciulo


#58

Ainda nisso? Cara Java, C# nada disso importa o que importa é o produto
final, se vai ser em JavaFx, Swing, Forms, WPF, JSF, ou sei lá o quê, o
que manda é o que você domina.

Eu concordo com você. Mas o que vem acontecendo neste forum e’ urubu contra o java enchendo o saco toda hora.
Ao invés de ajudar na duvida real, o que quer mesmo e’ falar mal do java. Horas se gosta de C# tudo bem, vai lá no espaço e discute a tecnologia.


#59

Gente numa boa, vamos manter o nível aqui. Ninguém aqui é expert em nada, somos todos aprendizes. Se fossemos expert em alguma coisa não estaríamos neste espaço de grande valia para nós. Acredito que esse fórum tenha mediação para não permitir esse tipo de situação. Essa discussão não leva conhecimento a ninguém. Vamos todos acalmar os ânimos e torcer para que tudo dê certo para todos.


#60

Sou desenvolvedor Java e trabalho na área, vou deixar minha pequena e humilde sugestão:

-> O Swing ta morto, não é que está morrendo, ta morto mesmo, mataram mas não enterraram, a própria Oracle confirma que o JavaFX é um replacement do Swing, segue o link: http://www.oracle.com/technetwork/java/javafx/overview/faq-1446554.html#6, inclusive a mesma aconselha a desenvolver usar o JavaFX, mas deixa uma dica, é possível utilizar o Swing junto com o JavaFX.

Baseado nisso, eu aconselho a ir direto pro Java FX, eu posso lhe afirmar que ele tem uma interface GUI um pouco mais bonitinha que o Swing, fora que com Java FX você pode utilizar recursos de HTML para desenvolver sua aplicação, como CSS e a própria linguagem HTML para criar componentes. E ainda tem uma IDE para o mesmo, chamada Scene Builder que não gera aquele lixo de código que o Netbeans gera, e você ainda consegue trabalhar com XML para escrever sua GUI, fora o recurso de arrastar e soltar.

No meu trabalho a gente não usa mais o Swing, estamos usando o Java FX, e tem muitos programas inclsuive open sources distribuido por ai.

-> Sobre por onde começar, eu começaria do backend, mas se você tiver uma equipe nada impede de realizar o desenvolvimento em paralelo, backend e frontend, porém, particularmente no frontend eu prefiro começar pela interface visual e depois codificar, até porque não sou expert em design, mas até quem manja de design já ouvi falar que prefere desenhar a tela e depois escrever código.

Finalizando, aconselho a usar JavaFX, mas você é obrigado? Não, você é livre pra usar a linguagem e a ferramenta que quiser, tem gente que não sai do Swing porque já tem tanta experiência e conhece tanto o Swing que não vale a pena gastar tempo desenvolvendo em Java FX, o cara consegue terminar um sistema em Swing em 1 semana enquanto que em Java FX ele vai ter que reaprender algumas coisa e prefere não querer arriscar, mas tem gente que gostou do JavaFX até pelo design novo e pela abordagem diferenciada(utilizando XML, CSS e etc.) que decidiu largar o Swing. Sobre por onde começar se tiver uma equipe média separe o backend do frontend e comece os dois juntos, sem problemas, agora se tem uma equipe bem pequena, comece com o backend, até mesmo porque lá que vocês irão validar as regras de negócios do sistema, o front é questão de usabilidade. Quando for para o frontend comece pelo Design e depois codifique.

Eu sou programador, mas nunca fiz questão de defender uma linguagem, nem de atacar outra, eu gosto é de programar, independente de linguagem, umas agradam mais que as outras pela simplicidade e/ou facilidade, mas você consegue desenvolver a mesma coisa com qualquer linguagem, até com Javascript dá pra fazer aplicativos desktop, com Lua e C você faz aplicativos Web, tudo é questão de momento, nós programadores sempre estamos querendo alguma coisa que nos ajude na nossa profissão, claro, temos o direito de escolher aquilo que nos faz sentir mais produtivos, por isso tudo tem um tempo, houve um tempo em que tudo era Java, hoje já muita coisa é Javascript/Node, e quem sabe no futuro o Java volte com algo inovador ou o PHP tenha uma remodelagem que o torne mais atrativo, a verdade é que queremos fazer o melhor para o nosso cliente da melhor forma, brigar por linguagem de programação é coisa de criança, programadores novatos ou pessoas orgulhosas que pararam no tempo e tem medo das inovações, um nome resumido pra resolver tudo isso se chama humildade, com isso você cresce e vai longe.

Abraços.