GUJ Discussões   :   últimos tópicos   |   categorias   |   GUJ Respostas

Escolha da linguagem - ferramenta

java
Tags: #<Tag:0x00007fea95f089f8>

#1

Continuando a discussão do Técnicas para crescer como programador:

Gostei de saber que programadores jovens, chegaram a conclusão que hoje temos uma “parafernália” de opções…
Como venho dos primórdios da computação, programo COBOL, desde 1981, portanto farei 35 anos de programação em julho deste ano.
Bem… comentaram que devemos focar em um linguagem… concordo. A aprendizagem destes “frameworks” demanda tempo e talvez perdido, se nunca fores utilizar.
Certamente devemos estar observando novidades…
Atualmente programo em C (embarcados), C++, Ladder (CLPs), mas continuo desenvolvendo muitas soluções em COBOL. Inclusive na área de Automação.
Recentemente tive que aprender Java, pois optei por usar o JasperReports, como uma solução FREE e multiplataforma. A curva de aprendizado foi longa… apesar de toda minha experiência. Perdemos tempo com versões, bugs, acostumar com a sintaxe diferente, etc…
Parabéns pelo debate.
No site fb.com/sitefacilautomacao, encontrarão aplicações em COBOL, de automação de linhas de produção, estacionamento, montagem de kits, etc…
Fica ai a comprovação, que não é a linguagem em si que importa…
O que importa é o que você consegue fazer com ela.


#2

Boa noite Vitor, primeiramente quero lhe parabenizar, por esses 35 anos, de muitos bugs e dores de cabeça, gostaria de aproveitar essa sua experiência e lhe fazer uma pergunta, terminei minha faculdade analise e desenvolvimento de sistemas, ainda não estou trabalhando na área, amo programar e gosto de ter ideias, gostaria de saber em qual tecnologia eu devo focar e que dicas você poderia me passar, desde já lhe agradeço.


#3

Caro Wando… parabéns pela sua iniciativa.
Por incrível que pareça, é uma pergunta difícil de responder.
Qual a linguagem a escolher.
A melhor linguagem é a que você domina sempre…
Por isso vemos defensores de cada uma.
Vi “salvadores da pátria” muitas vezes, certa feita foi o DATAFLEX, outra o MUMPS, que era linguagem mixada com o sistema operacional.
Acabei utilizando o COBOL, através do NETEXPRESS, pois fui “driblando” as dificuldades.
Por exemplo, consegui usar as APIs do Windows e coloquei nas minhas aplicações, comunicação com portas RS-232 (para ligar balanças, leitores, marcadoras laser, etc), comunicação SOCKET (ETHERNET), fazendo a comunicação de forma direta com dispositivos…
Integrei os Bancos de Dados mais utilizados nas empresas, SQLServer e POSTGRES, via ODBC.
Mas te confesso, que se tivesse optado no meio da jornada pelo DELPHI teria mais facilidade. O DELPHI é o sucessor da linguagem PASCAL.
Atualmente acredito que a proposta de desenvolvimento para todas as plataformas, particularmente MOBILE é um grande diferencial.
Acesse o link http://www.embarcaderobr.com.br/Delphi/ para tirar suas conclusões.
Como tenho muito software desenvolvido, não posso “jogar fora” as aplicações desenvolvidas para “reescrever”, mas para quem está iniciando… acredito ser um bom caminho.
Fico a disposição para trocarmos idéias.
www.fb.com/sitefacilautomacao
Skype vitor_bicca


#4

obrigado pela orientação Vitor, para ser sincero, meu primeiro programa foi em delphi, era responsável por exibir as letras das músicas pelo retroprojetor e na epoca usava o windows xp, e ele não tinha uma busca precisa, e as músicas eram por ordem alfabetica e por ter uma lista de 1000 músicas para pesquisar, surgiu a ideia de fazer um programa para agilizar isso, e dai eu fiz meu primeiro programa em delphi, que ainda é usado até hoje na minha igreja, dai surgiu essa paixão por programar, mas como temos varias tecnologias gostaria de focar em uma e parti pra dentro, rsrs, desde já muito obrigado pelas suas sabias palavras.