GUJ Discussões   :   últimos tópicos   |   categorias   |   GUJ Respostas

Mercado de trabalho para os quarentões


#1

Olá, tenho 39 anos e estou retornando para a faculdade de Análise de Sistemas. Estou muito empolgado, ancioso pelo retorno, porém tenho algumas dúvidas e receios. Tenho 39 anos já beirando os 40, quando eu me formar na Faculdade vou estar com 42 meu receio é competir no mercado de trabalho com pessoas mais jovens. Tem vagas para pessoas como eu ? O que eu preciso fazer para me tornar um diferencial e ser mais competitivo? Já sei programar em .NET, Java, C/C++, e agora estou aprendendo Python. Será que mesmo com toda a minha experiência o fator idade é um agravante? Ou o Google é só para adolescentes?


#2

Essa duvida é um pouco recorrente, segue esse post, dá uma olhada no que respondi nesse post sobre programar aos 40.


#3

Entendi. Mas no meu caso, não penso em fazer Pós Graduação, penso em começar a interagir desde já com a comunidade de TI, fazendo trabalhos voluntários, projetos sem remuneração para eu poder adquirir mais experiencia de mercado enquanto eu estiver na faculdade. O que me preocupa é as empresas abrirem vagas de estágios ou até mesmo trabalho para pessoas da minha idade. Preciso ter uma base de como está o mercado hoje, pois estou recomeçando a ter contato com o mundo da TI e confesso estou um pouco defasado,


#4

Vai depender muito de empresa pra empresa, geralmente as
empresas pegar os mais jovens pra pagar pouco e explorar sem dó…
Como vc já tem 39 vão exigir um conhecimento amplo em linguagens e
negocios de um modo em geral.

Monta uma empresa de soluções para internet, que você ganha
mais…


#5

Empreender é o caminho o/


#6

Desculpa @Willian_Silva2 eu coloquei o link, mas não expliquei.Vejo que você nem abriu o link pra olhar. Realmente o titulo do link é referente a “POS”, mas se você abrir e olhar a minha postagem tratamos diretamente da idade para exercer a profissão, dá uma olhada lá pois postei uns materiais interessantes.

Uma coisa me chamou atenção na sua postagem: você esta muito preocupado em Tem vagas para "pessoas como eu ? ", uma sugestão: não fixe seu objetivo em: “Conseguir uma vaga em uma empresa” foque em:

aprender e resolver problemas que estão a sua volta do ponto de vista computacional

.

Pois fique certo qualquer empresa só vai lhe contratar se você caso realmente você esteja

muito bom

Além disso o mercado é enorme para empreender de todas as formas possíveis.
,


#7

Bom dia a todos,

Gostaria de compartilhar que, tenho 44 anos, sou Arquiteto Senior, comecei a faculdade bem tarde, aos 30 anos, estudei na UNIP, onde muita gente critica, trabalhei na própria UNIP, TIM, IBM, Sapesp e agora estou na Ford.
Eu lutei contra várias barreiras e superei muitos preconceitos sobre a minha idade. Mas isso tudo não foi suficiente para me deter.
Hoje, ganho o que sempre quis, trabalho numa grande empresa e faço o que amo, graças ao meu esforço, dedicação e, claro, um pouco de marketing pessoal e sorte.
Você é do tamanho do seu sonho, meu amigo. Ganhar o mundo ou não só depende de você.
Boa Sorte na sua jornada!


Vale a pena ainda aprender Java?
#8

Perfeito! A mensagem que fica é exatamente o vai determinar a entrada no mercado de trabalho não é a idade, mas o conjunto de habilidades, experiências e comprometimento capaz de traduzir conhecimento teórico em resolução de problemas reais.

Logo somos “revolvedores de problemas”, e problemas existem para ser resolvidos atuando como “empregados” ou empreendendo.

Tive um professor que dizia assim: "Primeiro garanta que de fato você sabe fazer bem, então depois pense em quanto você vai conquistar "


#9

Só pra constar, meu primeiro post aqui quando eu ainda era novato foi em Fev de 2005, quando o GUJ tinha um layout totalmente diferente, mas, certamente, tirei muitas dúvidas aqui desde então e ainda continuo tirando, de vez em quando.
Mas é isso. Vamos todos a luta, pois é a única forma de conquistar nossos objetivos!


#10

[RESOLVIDO]
Verdade meu brother. É isso mesmo vou estudar muito e dedicar mesmo a essa profissão, independente de preconceitos. Abraços.


#11

Estudo ADS na UNIP e tenho 31, entrei neste post porque também me perguntava sobre isso. Trabalho a 11 anos em uma empresa não relacionada com tecnologia, porém sou muito iniciante em desenvolvimento.
Obrigado Emerzoom por dividir sua experiência com os camaradas que querem mudar de profissão.