Controle de licença aplicação Java desktop?

Estou desenvolvendo uma aplicação para meus clientes e já estou quase terminando mais, estou com dúvida de como fazer um controle de licença mensal da minha aplicação desenvolvida em Java SE e com banco de dados PostgreSQL qual seria a melhor forma? Obrigado desde já

Sua aplicação comunica com algum backend remoto ou fica tudo instalado localmente (serviços, banco de dados, etc)?

Grande Lucas sempre ativo nos post, meu grande amigo fica tudo no desktop o banco de dados e a aplicação.

Nesse caso fica complicado você manter esse controle em cada estação onde sua aplicação estiver instalada, ideal seria ter um servidor com a cópia de cada licença e uma data de expiração…

Na sua aplicação, toda vez que for aberta/inicializada, ela verifica se a chave expirou consultando no servidor e caso não esteja de acordo ou o cliente não queira conectar à internet para validar, você não abre o programa ou desabilita funções, etc…

Hoje em dia há recursos como json que é muito leve para trafegar informações pela internet, vale a pena dar uma olhada…

Antes de se preocupar com licença, tem que ver o fato de ser fácil descompilar aplicação Java. De nada vai adiantar licença se vão ter acesso a todo seu código fonte. Pra pelo menos dificultar, vai ter que usar ofuscadores de código. Java para desktop comercialmente nunca foi uma boa. Maioria das aplicações comerciais totalmente desktop são feitas em C++, Delphi (legados), etc.

1 curtida

preciso da licença o resto deixa comigo, sabe alguma maneira ?

Seguinte, tem muitos escritorios de advocacia que são especializados em registros de softwares.

Mas se voce pesquisar no inpi poderá registrar economizando advogado.

Ou ainda fazer uma coisa um pouco diferente, usar a justiça comum e registrar no cartório. mas tudo tem seu tempo e seu custo.

1 curtida

Como assim deixa contigo, como fica se retirarem a linha de código em que o programa é interrompido por validar licença? Pro seu caso pode ser uma boa saída considerar a dica do @j-menezes