GUJ Discussões   :   últimos tópicos   |   categorias   |   GUJ Respostas

Dicas e conselhos para iniciante

programação
Tags: #<Tag:0x00007f6103da33b8>
#1

Olá, sou nova aqui e gostaria que compartilhassem seu conhecimento nesta área…
Bom, já aprendi a desenvolver em PHP, Javascript, C# e estou começando a aprender Java. O que eu queria mesmo era instruções e dicas (exemplo, em quais linguagens devo me aprofundar mais pro mercado de trabalho, erros comuns, etc) pra quem quer ingressar nessa área… Desde já agradeço porque esta pergunta não se trata de corrigir um erro lógico, etc, mas pra mim é importante ouvir os mais experientes. Além disso, qual faculdade eu faço? E por quê? Estou entre Sistemas de Informação, Engenharia de Software, e Análise de Sistemas.

(Obs. este ano termino o curso Técnico em Desenvolvimento de Sistemas)

0 Likes

#2

Se quer ser analista de sistemas, faça Análise de Sistemas que já é o suficiente.
Faz cursos e projetos das tecnologias mais requisitadas em estágios.
Já está no caminho certo por ter estudado C# e JavaScript, por ser muito usado em grandes empresas, assim como Java.
Procura estágio assim que tiver minimamente preparada.

0 Likes

#3

Olá @Amanda_Muniz

Como você já programa, eu sugeriria o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, pois você já programa (aparentemente deve gostar) e logo já deve arrumar um emprego como Desenvolvedora.
Arrumando um emprego como Desenvolvedora, você possívelmente ficará um pouco entediada na faculdade com algumas matérias, principalmente as de programação, pois já saberá a matéria. Eu digo isso pq, aconteceu comigo e com amigos, então tem uma boa chance de acontecer com você também.

É bom estudar o que os empregos ao redor da sua cidade exigem, como você já estudou as 3 linguagens backend mais usadas, acredito que você não terá nenhum problema com isso.
Desconsiderando o que eu falei acima, recomendo estudar FORTEMENTE o JavaScript, pois independente da linguagem do back, o front vai ter JavaScript.

Em JavaScript ta chovendo vaga (pelo que vejo) de React e estão pagando bem no geral. E cada vez mais esta tendo mais vagas… Se eu fosse você, com certeza eu daria uma olhada nele, pois além da quantidade de vagas e do money, você ainda consegue desenvolver para mobile com ele.

O Java é a linguagem backend com mais vagas no momento no Brasil (em torno de 6 mil anúncios de empregos no Linkedin).
Caso você não saiba, o Linkedin é uma rede social de emprego e é o lugar mais fácil para conseguir um emprego, principalmente para Desenvolvedores (não sei no caso de quem esta buscando o primeiro emprego).

O Java normalmente é uma linguagem que demora para você aprender o suficiente para conseguir um emprego, pois ele tem uma infinidade de frameworks e você vai vendo um por um e acaba se perdendo e fazendo uma confusão, além de ter muitos conceitos e regrinhas que as vezes mais atrapalham do que ajudam.
No momento o framework Java que mais esta sendo utilizado é o Spring, então caso você opte por avançar no Java, estude-o.

Resumo: Recomendo fazer o curso de ADS e estudar React e Spring.

EDIT: Não sei de onde você é, mas se for de SP certamente não terá problemas em arrumar um emprego se você se dedicar a esses dois frameworks ou em apenas um. Eu não posso falar de PHP e C# pois não acompanho esse mercado.
Lembre-se, dependendo do seu conhecimento, você poderá conseguir começar como Jr ao invés de estagiária.
O segredo está na prática! Desenvolva sistemas em casa e na entrevista você mostra prints ou vídeos do seu sistema, se você fizer isso as chances de você passar aumentam muito :+1:

2 Likes

#4

Aprendeu mesmo ou desenvolveu projetos acadêmicos? Existem grandes diferenças entre o que o âmbito acadêmico pede e o que é exigido de um profissional pelo mercado de trabalho, viu?

1 - Estude lógica e lógica de programação. É incrível como você acaba encontrando pessoas que se dizem “programadores”, nas mais diferentes senioridades e ainda encontram dificuldades com coisas básicas, por não terem dado a devida atenção ao estudo da lógica e da lógica de programação.
2 - Padrões: é imprescindível que você conheça, ao menos, os padrões mais utilizados do mercado. E, não, não estou falando só de criar 3 classes em 3 diretórios/pacotes diferentes e chamar isso de MVC. Estou falando de entender os conceitos, as limitações e, principalmente, o melhor uso de cada padrão.
3 - Orientação a objetos: pode parecer clichê, mas, tem muita gente que não entende a diferença entre composição e agregação ou que não vê sentido em priorizar a implementação em detrimento da herança.
4 - Sintaxe da linguagem: acho bem importante entender como a linguagem se comporta, de que maneira fazer com que ela trabalhe a nosso favor e não contra.
5 - SQL: Sim, é fundamental entender sobre como as coisas funcionam em bancos de dados relacionai, inclusive se vocẽ pretende usar frameworks ORM (seja no PHP, C# ou mesmo Java). Uma olhadinha em PL/SQL é importante também
6 - Principais frameworks: Veja que o java não caminha sozinho. Spring está aí para provar isso.

Sobre “o que estudar/focar”, depende do que a tua região pede. Aqui onde moro (Curitiba, a.k.a. Capital Mais Fria do País) é comum vagas para Java, C# e PHP. Pode ser que onde você mora haja uma oferta maior para Node. Então, estude primeiro o que o mercado daí pede.

Isso é uma resposta muito, mas muito pessoal.
O primeiro ponto aqui seria você entender o que cada profissão te oferece. Eu resumo assim: todas te permitem ser programadora. Se é o que quer, escolhe qualquer uma. Se quer algo específico, entenda o que cada uma pode prover e vá fundo.
Eu sou formado em análise de sistemas, mas não tenho a mínima aptidão (ou vontade) de ser analista. Meu viés é todo técnico.

0 Likes