Linguagem em alta

Galera estudo java (iniciante), gostaria de saber
qual outra linguagem esta em alta no mercado?
e que traria retorno no futuro proximo?

Grato.
Diogo :smiley:

java ,java , java , C# , java ,java , java , asp , java , java ^^

Java concordo, mas asp, eca, ta loco.

C# tem bastante mercado. Ruby mais nas desenvolvedoras de vanguarda, mas esqueça dela e das outras nas 3 letrinhas, aí só Java, C#, Delphi e outras mais ligadas à ferramentas, Genexus, Microsiga AdvPL, o que enfiarem…

geralmente a microsoft consegue manter a sua linguagem principal em alta… hoje ainda não é diferente, o .net é o grande concorrente do java, uns dizem que é mais usado e outros dizem que não… dentro do .net a linguagem mais usada é o c#… acredito que java e c# sejam as 2 linguagens mais usadas hoje em dia…

a algum tempo eu tava vendo cobol em alta… não ando vendo mto cobol por ai ultimamente…

Hoje as 2 posi√ß√Ķes mais altas do ranking s√£o JAVA e C#, Ruby √© uma boa linguagem, e se depender do marketing em torno da Linguagem, em breve ruby vai fazer parte do ranking.

Neste link tem informa√ß√Ķes interessantes: http://www.tiobe.com/index.php/content/paperinfo/tpci/index.html

Se seu mercado é ligado a hardware ou jogos, não esqueçam também do C++ ou até mesmo o bom e velho C.

O índice Tiobe não pode ser usado para avaliar o mercado. Ele é baseado em buscas feitas em mecanismos de busca e, geralmente, vai dar notas mais altas para que é ensinado na escola. Ele é só um indicador e, como o próprio site diz, não pode ser usado para fins estatísticos.

"

Tudo depende de para que/quem você irá destinar seus serviços futuramente.

Como disse nosso amigo ViniGodoy o C++ √© uma alternativa muito forte para o desenvolvimento de jogos, e pelo que tenho observado para a √°rea acad√™mica tamb√©m. Estude o que voc√™ se sentir mais a vontade, pois ir√° existir os que te incentivem a estudar Java, os que prefiram C#, Ruby, Python, PHP, etc. Para tudo h√° oportunidades, at√© para Cobol que √© uma linguagem bem ‚Äúvelhinha‚ÄĚ.

Cara, já vai fazer mais de 10 anos que estou na área de programação, quando tinha entrado em Ciência da Computação estavam começando com as linguagens de Internet.

Primeiro aprendi de cara linguagem C… com aquele livrinho verde ou marron que todo mundo conhece…
Depois aprendi C++… com aquele livro clássico da Viviane…
Depois Delphi… VB…
Depois tive que aprender linguagens que só se usam em cursos de Ciência da Computação… Prolog, Lisp…

Depois que estava começando a onda de Internet… aprendi Asp(VBScript), Html, CGI(usando C), JavaScript, DHTML, XML, VRML, Applets(nessa época Applets gravavam e escreviam arquivos na máquina se habilitasse no Browser), Java e etc…

Quando comecei a trabalhar profissionalmente, comecei a aprender coisas de mercado‚Ķ Borland C++ Builder, Visual C++ 6.0, Sql Server, Assembly, gcc/g++, Visual Source Safe, svn(poucas pessoas usavam o subversion nessa √©poca e estavamos migrando para ele)‚Ķ e eu sempre trabalhava com o back end, desde implementando criptografias similares ao RSA do zero at√© implementa√ß√Ķes de JNI para o JAVA(pois nessa √©poca tudo que o Java n√£o fazia era implementado com JNI, hoje j√° existe quase tudo para Java).

Depois resolvi sair da área legal(pesquisa e desenvolvimento na área de segurança) da computação e ir para a área chata… pois a área legal da computação paga mal… e a área chata(sistemas comerciais) paga bem…

Desde ent√£o implemento tanto a parte batch de sistemas quanto a parte online‚Ķ geralmente batch com C/C++/Unix e online com Java(Servlets/JSP/Weblogic/EJB/Struts)‚Ķ e solu√ß√Ķes paliativas como PL/SQL, ShellScripts‚Ķ

Também estou estudando Oracle… na parte de tunning e modelagem…

[i]Resumindo:

Se eu estive come√ßando hoje, aprenderia alguma ‚Äúlinguagem de mercado‚ÄĚ(Java) e outra com expectativa futura(Ruby)‚Ķ e alguma que possa ficar legada(C/C++)‚Ķ

Na época que comecei a programar(10 anos atrás), a linguagem de mercado era Delphi/VB… a futura era Java… e a que podia ficar legada era Cobol…

Nesta época, eu investi em C/C++… depois o Java dominou… e hoje, vejo que o mercado de C/C++ está melhor que o de Java… pois apesar de ter menos vagas em C/C++ do que Java… a relação profissionais/vagas está melhor para o C/C++… e vale lembrar que 2 anos atrás a relação profissionais/vagas era bem melhor para o Java.

Tamb√©m vale lembrar que a linguagem propriamente dita n√£o vale muita coisa‚Ķ e sim quais tecnologias voc√™s est√° usando com ela‚Ķ exemplo: Um programador C/C++ que usa VisualC++/API Win32/Winsock/implementa√ß√Ķes de DLLs/MFC/Sql Server/ATL n√£o vai ser nada √ļtil para atuar com POSIX/Unix/OCCI/Oracle/Makefiles/g++/implementa√ß√Ķes de .so/sem√°foros/mem√≥ria compartilhada/processos ou pthreads‚Ķ[/i]

Até aprender COBOL para certos segmentos não é uma má ideia…