GUJ Discussões   :   últimos tópicos   |   categorias   |   GUJ Respostas

TDD com DDD

Bom dia Pessoal

Alguém ta ou ja usou TDD com DDD?
Gostaria de trocar umas ideias de aplicação…
Fico no aguardo…

TDD, um ótimo recurso para descobrir se vc sabe oque está fazendo.

Concordo, ótimo comentário. Do contrário, se a equipe já sabe o que está fazendo, se tem confiança, então não é necessário desenvolver orientado a testes.

TDD, DTO, DAO, etc. são coisas que pertence a categoria de conhecimento inútil mas que o consultor/prestador de serviço precisa ter no seu cinto de utilidades caso queira trabalhar, porque um dia o cliente pode pedir, e você quer estar preparado.

Já se vc trabalha com produtos, não precisa se preocupar com isso, visto que o cliente, que neste caso é o próprio usuário, nunca vai pedir esse tipo de coisa.

Os comentários de vcs não tem nada relacionado com o proposito desse post… Sera ninguém aqui sabe ler?? Por favor, mais uma vez, não participe de um post q vc não tenha nada acrescentar com o assunto. Estou abandonando a thread…

Só comentamos sobre o comentário do NewScript. E o tópico já está moscando desde fevereiro mesmo… Você sabe que esses assuntos são polêmicos, geram comentários soltos, ainda mais quando não é apresentado uma necessidade real, parecendo que é só para brincar de TI.

No mais, veja pelo lado positivo, demos um UP no seu tópico que estava moscando desde o início do ano.

[quote=Impossivel]TDD, DTO, DAO, etc. são coisas que pertence a categoria de conhecimento inútil mas que o consultor/prestador de serviço precisa ter no seu cinto de utilidades caso queira trabalhar, porque um dia o cliente pode pedir, e você quer estar preparado.

Já se vc trabalha com produtos, não precisa se preocupar com isso, visto que o cliente, que neste caso é o próprio usuário, nunca vai pedir esse tipo de coisa.

[/quote]
Concordo. Mas serviços também, quando a equipe fica no próprio cliente, não precisa se preocupar com isso. O ideal é não cair nessas armadilhas de precisar de “cinto de utilidades” (muitas vezes inutilidades como você falou).

//