Valor de hora para um arquiteto Java  XML
Índice dos Fóruns » Assuntos gerais necessariamente ligados a tecnologia
Autor Mensagem
julianostr
GUJ Ranger
[Avatar]

Membro desde: 31/03/2006 14:16:14
Mensagens: 855
Localização: Blumenau - SC
Offline

Claro, cada região com seu custo de vida.

Eu aqui não ganho R$20,00/h (PJ) como Programador Sênior.


LASER
Light Amplification by Stimulated Emission of Radiation
andre_salvati
GUJ Master

Membro desde: 02/06/2005 16:28:38
Mensagens: 1120
Offline


O q é preciso para se ser um bom arquiteto?

http://www-128.ibm.com/developerworks/architecture/library/ar-itio8/


http://twitter.com/afsalvati
http://www.linkedin.com/in/afsalvati
andre_salvati
GUJ Master

Membro desde: 02/06/2005 16:28:38
Mensagens: 1120
Offline

Guerr@ wrote:

Não vejo o arquiteto trabalhando diretamente na parte funcional, pelo menos não no dia-a-dia. Eventualmente o arquiteto pode até pegar uma funcionalidade mais complicada para fazer, mas normalmente ele enxerga a aplicação de um ponto de vista mais não-funcional.



Aqui tem uma discussão interessante sobre esse assunto...

http://www.orkut.com/CommMsgs.aspx?cmm=8202706&tid=2489313985499204071


http://twitter.com/afsalvati
http://www.linkedin.com/in/afsalvati
LPJava
GUJ Hacker

Membro desde: 18/04/2006 12:50:23
Mensagens: 5681
Localização: São Paulo
Offline

olha isso:

Programador Java Sênior
Programador Java Sênior. Experiência mínima de 2 anos com desenvolvimento de aplicações Java, Struts, algum application server (preferencialmente Websphere), ferramentas de controle de versão (Subversion, CVS), HTML, Javascript, XML, Webservices, bancos de dados (preferencialmente Oracle). Desejável conhecimentos de WSAD ou pelo menos Eclipse, Subversion, UNIX (Linux ou Solaris), webservices. Superior cursando ou completo em: Ciência da Computação, Análise de Sistemas, Informática, Processamento de Dados, Engenharia, ou Ciências Exatas (Matemática, etc.). Imprescindível Inglês fluente para contatos no Exterior. Contratação: PJ
Empresa: Staff Recursos Humanos · Estado: RS · Cidade: Porto Alegre · Data de Cadastro: 11/01/2007

e essa:
Testador de Software
Profissional com experiência em desenvolvimento e homologação de softwares Descrição atividades: Executar os processos de testagem e validação dos aplicativos da empresa, com o objetivo de garantir a qualidade dos sistemas disponibilizados, tendo ênfase nos produtos. Desejável conhecimento da linguagem SQL e experiência na área de testes de software. Perfil: Superior completo ou em andamento em Sistemas de Informação, Análise de Sistemas, Ciências da Computação ou áreas correlatas. Contratação: CLT + Benefícios
Empresa: Staff Recursos Humanos · Estado: RS · Cidade: Porto Alegre · Data de Cadastro: 11/01/2007


nunca vi testador de software.

Sun Certified Java Programmer 5.0
Blog:http://www.camilolopes.com
Twitter:www.twitter.com/camilolope
Linkedin: http://br.linkedin.com/in/camilolopes
Curso online OCPJP: http://pro.imasters.com.br/online/cursos/preparatorio-para-certificacao-java-ocjp
Autor livro Guia SCJP & JEE c/ Frameworks: http://blog.camilolopes.com.br/livrosrevistaspalestras/
Autor "TDD na Prática": http://blog.camilolopes.com.br/lancamento-livro-tdd-na-pratica/
[WWW]
Kenobi
GUJ Master
[Avatar]

Membro desde: 14/11/2003 13:06:37
Mensagens: 1724
Localização: Brasil
Offline

Sinceramente, não dá pra pegar um grupo de profissionais e categorizar dessa maneira. Há muito mais em um profissional, do que simplesmente o quanto ele conhece da plataforma.

Existe fatores como formação acadêmica, fluência em idiomas, cursos extra-curriculares, experiências profissionais em projetos interessantes, experiências internacionais em alguns casos e por aí vai...

Como vc vai chegar e determinar, Ah ...vc é um arquiteto 50 reais hora e um cara vem e fala, tá inflacionado ?

Acho que dependendo do caso está bem abaixo do que o profissional é na verdade.

A gama de domínio de conhecimento do mesmo, ultrapassa e muito a plataforma em questão. Alguns possuem até mesmo MBA.

Então as empresas pagam o VALOR e não dá para rotular pessoa com uma etiqueta marcando preços.

Claro que existem alguns padrões no mercado, mas vou sempre negociar para ser remunerado da forma que eu considere justa e olho pouco pro mercado.

Acredito que o maior problema está em saber negociar e muitos aqui infelizmente ainda não aprenderam ou não possuem o dom para tal.

Sugiro um cursinho de marketing pessoal , a fim de impulsionar esse lado vendedor do produto de vcs ....vcs mesmos

----------------------------------------------------------
SOA|EXPERT - http://www.soaexpert.com.br
SOA de um jeito simples e eficiente.
[WWW] [MSN] [ICQ]
Kenobi
GUJ Master
[Avatar]

Membro desde: 14/11/2003 13:06:37
Mensagens: 1724
Localização: Brasil
Offline

julianostr wrote:Claro, cada região com seu custo de vida.

Eu aqui não ganho R$20,00/h (PJ) como Programador Sênior.



Caso como bluemenau é sério, pq os programadores de lá não se tocaram que eles fazem o mercado.

Lugar pequeno, pouca mão de obra especializada, poderiam cobrar 50 paus a hora e o cara ía ter q pagar.

Acho que essa é a diferença com SP das outras cidades. Aqui, apesar de ter muitos tipos de profissionais, em um certo nível - Sênior, vc chega a uma determinação comum mínima de 45 reais.

----------------------------------------------------------
SOA|EXPERT - http://www.soaexpert.com.br
SOA de um jeito simples e eficiente.
[WWW] [MSN] [ICQ]
MarcioTavares
Virtual Machine Man
[Avatar]

Membro desde: 09/11/2002 19:33:28
Mensagens: 738
Localização: Rio de Janeiro
Offline

Kenobi wrote:...poderiam cobrar 50 paus a hora e o cara ía ter q pagar.
Acho que isso não daria certo, porque sempre vai ter um pra quebrar a corrente, cobrando 10 reais a menos do que o que todo mundo "nivelou". É a chamada "prostituição".

- Galera do RJ precisa prestigiar os eventos de Java!!

- Sou a favor da extinção do Cobol da face da Terra!
[Email] [MSN]
Kenobi
GUJ Master
[Avatar]

Membro desde: 14/11/2003 13:06:37
Mensagens: 1724
Localização: Brasil
Offline

MarcioTavares wrote:
Kenobi wrote:...poderiam cobrar 50 paus a hora e o cara ía ter q pagar.
Acho que isso não daria certo, porque sempre vai ter um pra quebrar a corrente, cobrando 10 reais a menos do que o que todo mundo "nivelou". É a chamada "prostituição".


Sim, mas uma reunião entre os profissionais pode ser um caminho. Se 80% aderir, vcs conseguem mudar o quadro daí, aliás, acho que os Jugs do RS, SC, deveriam se unir para tentar precificar um pouco melhor o valor hora dos profissionais java dessa região.

----------------------------------------------------------
SOA|EXPERT - http://www.soaexpert.com.br
SOA de um jeito simples e eficiente.
[WWW] [MSN] [ICQ]
Guerr@
Virtual Machine Man
[Avatar]

Membro desde: 03/12/2006 10:32:50
Mensagens: 578
Offline

Kenobi wrote:Sinceramente, não dá pra pegar um grupo de profissionais e categorizar dessa maneira. Há muito mais em um profissional, do que simplesmente o quanto ele conhece da plataforma.

Existe fatores como formação acadêmica, fluência em idiomas, cursos extra-curriculares, experiências profissionais em projetos interessantes, experiências internacionais em alguns casos e por aí vai...

Como vc vai chegar e determinar, Ah ...vc é um arquiteto 50 reais hora e um cara vem e fala, tá inflacionado ?

Acho que dependendo do caso está bem abaixo do que o profissional é na verdade.

A gama de domínio de conhecimento do mesmo, ultrapassa e muito a plataforma em questão. Alguns possuem até mesmo MBA.

Então as empresas pagam o VALOR e não dá para rotular pessoa com uma etiqueta marcando preços.

Claro que existem alguns padrões no mercado, mas vou sempre negociar para ser remunerado da forma que eu considere justa e olho pouco pro mercado.

Acredito que o maior problema está em saber negociar e muitos aqui infelizmente ainda não aprenderam ou não possuem o dom para tal.

Sugiro um cursinho de marketing pessoal , a fim de impulsionar esse lado vendedor do produto de vcs ....vcs mesmos


Na verdade acho que a empresa nunca se importa se somos os reis da cocada preta que temos cursos aqui e acolá. Se você fizer a mesma coisa que um cara sem isto tudo faz, vai ganhar o mesmo que ele! Se você agregar mais valor e souber negociar, vai ganhar mais... (se não souber negociar aí vai ganhar pouco mesmo...)

Ter que ganhar mais só porque se formou em um determinado lugar ou possui o curso X, pelo que estou percebendo são argumentos que não colam mais.

Eduardo Guerra - "É Java na ponta do dedo!"
Editor Chefe - Revista MundoJ
Pesquisador - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Autor do livro "Design Patterns com Java: Projeto orientado a objetos guiado por padrões" -http://www.casadocodigo.com.br/products/livro-design-patterns
Me siga no Twitter!!! http://twitter.com/emguerra
[Email]
seufagner
JavaEvangelist
[Avatar]

Membro desde: 06/05/2005 16:33:09
Mensagens: 447
Localização: Rio de Janeiro - RJ
Offline

Concordo com o Guerra, sem querer ser tendencioso.

Sou autodidata, trabalho com software, em geral, há 8 anos..
Contudo não me formei (porém tenho vários cursos e certificações) e sempre recebo propostas legais.. Já rodei o Brasil por isso..

O que vale é o conhecimento do cara, experiência e, acima de tudo, saber negociar..

@seufagner
seufagner.com.br
"Simplicidade é a maior forma de sofisticação"
Leonardo Da vinci
[Email] [WWW]
jefersonb2k
Smalltalk

Membro desde: 11/06/2007 19:40:34
Mensagens: 1
Offline

Oiii

Meu nome é jeferson

E pretendo faze faculdade de arquitetura e urbanismo
Keria sabe se posso realmente me dedica a essa carreira
E se é mto dificil se forma

Responde Por favor!
Obrigado
Kenobi
GUJ Master
[Avatar]

Membro desde: 14/11/2003 13:06:37
Mensagens: 1724
Localização: Brasil
Offline

Guerr@ wrote:
Kenobi wrote:Sinceramente, não dá pra pegar um grupo de profissionais e categorizar dessa maneira. Há muito mais em um profissional, do que simplesmente o quanto ele conhece da plataforma.

Existe fatores como formação acadêmica, fluência em idiomas, cursos extra-curriculares, experiências profissionais em projetos interessantes, experiências internacionais em alguns casos e por aí vai...

Como vc vai chegar e determinar, Ah ...vc é um arquiteto 50 reais hora e um cara vem e fala, tá inflacionado ?

Acho que dependendo do caso está bem abaixo do que o profissional é na verdade.

A gama de domínio de conhecimento do mesmo, ultrapassa e muito a plataforma em questão. Alguns possuem até mesmo MBA.

Então as empresas pagam o VALOR e não dá para rotular pessoa com uma etiqueta marcando preços.

Claro que existem alguns padrões no mercado, mas vou sempre negociar para ser remunerado da forma que eu considere justa e olho pouco pro mercado.

Acredito que o maior problema está em saber negociar e muitos aqui infelizmente ainda não aprenderam ou não possuem o dom para tal.

Sugiro um cursinho de marketing pessoal , a fim de impulsionar esse lado vendedor do produto de vcs ....vcs mesmos


Na verdade acho que a empresa nunca se importa se somos os reis da cocada preta que temos cursos aqui e acolá. Se você fizer a mesma coisa que um cara sem isto tudo faz, vai ganhar o mesmo que ele! Se você agregar mais valor e souber negociar, vai ganhar mais... (se não souber negociar aí vai ganhar pouco mesmo...)

Ter que ganhar mais só porque se formou em um determinado lugar ou possui o curso X, pelo que estou percebendo são argumentos que não colam mais.


Acho que varia de empresa pra empresa, e a verdade seja Dita, as empresas de RH - outsourcing não deixam nem os bons cvs chegarem aos clientes que forem acima do que pretendem pagar.

Eu sinceramente acho um problema sério, um arquiteto trabalhar por menos de 50 reais vai trazer danos pra todos em cascata !!

----------------------------------------------------------
SOA|EXPERT - http://www.soaexpert.com.br
SOA de um jeito simples e eficiente.
[WWW] [MSN] [ICQ]
Daniel Quirino Oliveira
Moderador
[Avatar]

Membro desde: 23/03/2003 23:57:34
Mensagens: 3299
Localização: Awawawawa (Araraquara) - SP
Offline

Você ainda quer ser arquiteto quando você crescer? http://www.martinfowler.com/articles/designDead.html#id2250716

Daniel Quirino Oliveira
[Email] [WWW]
Kenobi
GUJ Master
[Avatar]

Membro desde: 14/11/2003 13:06:37
Mensagens: 1724
Localização: Brasil
Offline

Daniel Quirino Oliveira wrote:Você ainda quer ser arquiteto quando você crescer? http://www.martinfowler.com/articles/designDead.html#id2250716


Casa bem com metodologias ágeis, como Scrum e XP.

O problema está que a maior parte das empresas ainda se pauta por RUP com definições de responsabilidades no documento de visão e querem a bunda de alguém pra chutar, caso dê tudo errado !!

----------------------------------------------------------
SOA|EXPERT - http://www.soaexpert.com.br
SOA de um jeito simples e eficiente.
[WWW] [MSN] [ICQ]
tiagomac
JavaTeenager
[Avatar]

Membro desde: 15/12/2006 05:38:29
Mensagens: 194
Localização: Salvador, BA
Offline

luidhi, massa a sua assinatura, esse filme tbm é muito bom...

Assim, o preço que vcs estão comentando me parece coisa de Europa !
pelo menos aqui em Salvador, programador passa fome...

anúnciam cada vaga aqui que parece ser piada, um dia desses, no laboratório da faculdade acessei o site http://www.empregosbahia.com.br/ e vi uma vaga c/ salário mensal de R$300,00 p/ programador java (Estágio). os pré-requisitos para a vaga eu mostrei ao meu professor de Orientação a Objeto 1, que apesar de trabalhar c/ Java e até ensinar java p/ alunos de faculdade, me disse ainda não conhecer muitas daquelas tecnologias :O!!!

Mas, pra quem só entende de J2SE ainda existem vagas sim, não remuneradas , mas conta como experiência né ??

scjp 6
ocpjwcd 5

"Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando, porque embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu" - Luiz Fernando Veríssimo - Cronista e escritor.
[MSN]
 
Índice dos Fóruns » Assuntos gerais necessariamente ligados a tecnologia
Ir para:   
Powered by JForum 2.1.8 © JForum Team