GUJ Discussões   :   últimos tópicos   |   categorias   |   GUJ Respostas

Como se tornar um PJ


#1

Ola pessoal,

Tenho observado que existem muitas oportunidades para trabalhar como PJ, tanto como programador, analista e afins, na área de informática. No entanto, ainda nunca trabalhei como PJ. Dessa forma não sei como se tornar um PJ.

Encontrei algumas informações pela web e notei que existe: "firma individual", "sociedade comercial", "sociedade civil", "firma mecantil individual", "juntas xxxx", "juntas *@#$&", umas enquadram no "SIMPLES", outras enquadra não sei onde... e... documentos e mais documentos em fim...

Sei que aqui tem muitos PJ's trabalhando em SP, DF, RJ.

Gostaria de saber, se possível, de que trabalha neste regime ou já trabalhou, quais são os procedimentos REAIS que "trilharam" para se abrir a empresa e; Qual a modalidade de empresa seria mais conveniente/comum (considerando a minimização dos custos R$)? Quais seriam os custos aproximadamente? Existe algum "step-by-step" a seguir normalmente? Em fim...

Obriagado.


#2

Olá asobrab, tudo bem?

Caso queira trabalhar como PJ, você precisará registrar uma empresa, e para isso você vai precisar de um contador, para te orientar melhor neste trâmite.

O que posso te adiantar é que a depender da cidade em que mora, pode gastar mais de R$ 1,000.00 só com a papelada.

Já com relação ao custo X benefício, sugiro que você dê uma pesquisada aqui no fórum, e mesmo na Internet, pois essa discussão é antiga...

Eu particularmente acho viável trabalhar via PJ, desde que se pague muito bem, tipo o dobro e um pouco mais do que se pagaria se fosse CLT, agora atingir essa cifra não é fácil...

Estude sobre o tema antes de tomar uma decisão.

Aquele abraço,


#3

Que lugar pagaria para um PJ o dobro do que pagaria como CLT ?

O maximo q eu ja vi foi PJ ganhar 50% a mais que CLT


#4

+1

O que compensa em contratar um PJ é justo isso...pq com CLT a empresa gasta no total quase o dobro, alem de parte de sua grana ter imposto retida na fonte.


#5

opa.. +2 ^^

Bom... como foi dito, esse assunto eh antigo... e vale a pena pesquisar e tb te aconselho a consultar um contador...

Uma coisa que te adianto eh que vc terá uma porrada de impostos a serem pagos.. como contador, imposto sobre a nota emitida, imposto por ter a empresa, imposto de acordo com o que vc ganhar no ano, no mês, de acordo com o tipo da empresa, imposto por respirar, espirrar e por ai vai... hehe

Uma coisa que vc precisa ficar atento eh em que ramo sua empresa deve atuar.. pq tem umas frescuras idiotas em relação a isso... por exemplo.. se vc criar uma empresa de processamento de dados, vc não pode atuar como desenvolvedor e nem como analista e muito menos prestar serviços de consultoria.... claro que as coisas não são tão rigorosas assim, mas vale ficar atento...

Para ser desenvolvedor vc precisa abrir uma empresa no ramo de informática, ou seja, ter a palavra informática na razão social (se não me engano eh isso, por favor me corrijam)... soh que ao fazer isso.. vc acaba tendo uma diferença de impostos... que nem.. uma empresa de informática paga cerca de 18% em um certo imposto (n me lembro o nome) ja uma de processamento de dados, paga apenas 3%... (valores dependendo do estado)

Pq a diferença ?? Coisas do governo... vai entender...

Soh sei que eh uma bica.. ah! outra coisa.. assim q vc abrir sua empresa, vc vai receber uma cartinha do sindicato... q eles te cobram uma grana e não fazem nada...

Existem sindicatos e sindicatos cara... tem aqueles que são show de bola.. que te oferecem seguro saúde, descontos em clubes e tudo mais... mas esses bons.. não vão atrás de vc.. vc que precisa procurá-los.. o problema ??? Eh que boa parte não aceita PJ.. ^^

Eh cara... vai uma grana... se vc for fazer tudo certinho vai gastar muito.. e o pior eh que se vc fizer algo errado... eles nem te avisam... como, por exemplo, colocar um endereço residencial para a empresa....

Isso que não entendo.. eh uma coisa que não pode, mas eles cadastram numa boa... nem eles conseguem controlar isso.. por isso eh uma bagunça...

Se for pra mudar algo, vai ser pra cobrar mais algum imposto sabe se la do que...

Bom... boa sorte !! ^^


#6

Acho que o tipo da empresa depende de quem contrata.

No meu caso eu tive q abrir uma empresa Limitada com + 1 'sócio' e não tenho nada de mais na minha razão social. Alguns lugares não aceitam que a sua empresa esteja ligada ao simples.

Sugestão: procure nas cidades vizinhas algum imposto mais barato. As vezes a diferença é grande. E fique em cima do seu Contador.


#7

PQP. Será que não tem uma forma padrão de conseguir abrir uma "empresinha" simples? Pelo jeito, tudo terá que passar pelas as mãos de um contador. Será que a figura do contador neste processo é uma exigência da legislação? O que vejo são muitas informações desencontradas. Alguns falam uma coisa, outros falam outra... queixas daqui e dali... mas a pergunta é:

Como foi que você abriu a SUA empresa? Qual foi o seu "step-by-step"?

OBS: a empresa que preciso é tão somente, para trabalhar como desenvolvedor, programador, analista... etc.


#8

Como foi que você abriu a SUA empresa?

Liguei pro contador
- oi, eu quero abrir uma empresa pra poder trabalhar... o que q eu faço
- ah me paga X dinheiros, me traz Y documentos teus e de uma pessoa pra abrir sociedade contigo, q eu vou dar inicio à coisa.

depois eu tive q ir algumas vezes, pegar papeis, ir no cartorio, pagar taxas, uma hora apareceu um troço chamado CNPJ - paguei umas coisas, mandei imprimir as notas, fiz mais uns esquemas e ficou pronto.


#9

Issae, o contador faz tudo por você, e depedendo da empresa que lhe contrata como PJ, muitas vezes eles indicam um contador 'conveniado', que faz abatimento do valor dos serviços que ele presta. :smiley:


#10

Opa ... Cara realmente é necessário um contador, afinal "Cada macaco no teu galho". Para que eu pudesse ser PJ não tive trabalho nenhum, entreguei nas mãos de um contador de confiança, passei a documentação necessária, paguei alguns impostos (em MG, por volta de uns R$ 300,00 para inciar as atividades) e daí todo mês vou pagando aquele monte de impostos para o Lula.
Simples mesmo....
Mas te falo, se vc não quer dor de cabeça, bota na mão de um contador que esteja por dentro da legislação da nossa área.
Até ...


#11

vale lembrar que o fechamento total de uma empresa leva no minimo 10 anos...


#12

Que isso! Eu que pensava que PJ era uma maneira de formalizar os freelas...Tô é com medo agora de tanto imposto e burocracia ehehhe!


#13

Renato, talvez seu medo seja reflexo do seu desconhecimento do processo de se trabalhar como PJ.

Quer abrir uma empresa? Procure um contador de confiança!

Eu gastei cerca de 400 reais para abrir a empresa e cerca de 40-50 dias. Infelizmente no Brasil demora.


#14

Sendo ou não sendo uma exigência te aconselho a pegar um bom contador, pois depois, além de vc demorar muito mais para abrir a empresa, no final vai acabar gastando mais com taxas e mais taxas que vc terá que pagar por algum erro na papelada que teve que ser refeita.

Não sei se pode ser aberta no domicílo (Casa) mas naquele puxadinho que vc tem ao lado pode sim.. hehehe


#15

Cara se tu soubesse como é chatinho abrir uma empresa tu nao reclamaria de pagar o contador.

Eu ganho +- 100% a mais do que ganharia como CLT.

]['s


#16

contador não é opção, é obrigatório ter um.


#17

Obrigatório???
Será que a Coca-Cola tem um contador ou será que tem uma área própria para sua contabilidade?


#18

Sinceramente, eu tenho empresa e nao sabia dessa obrigatoriedade.
Sempre tive contador mas nunca me preocupei em saber se era obrigatorio.

Agora...como o governo sabe se eu tenho ou nao contador? Que eu saiba o meu contador nao tem que assinar nenhum documento em nome da minha empresa comprovando que ela possui um.

]['s


#19

Putz!... 400? São tantas diferenças. Muitos falam em 1000, 1500...

Ok pessoal. Eu pensava que eu poderia correr atrás disso sozinho, sem depender da figura do contador. Pois... se eu pudesse saber exatamente QUAIS documentos precisam ser retirados e QUAIS orgãos precisa ir para concluir a abertura, NAO vejo o porque da necessidade de um contador. Pelos os argumentos citados, o contador é o caminho mais curto. Pelo jeito, esta "figura" terá que constar na minha agenda de agora em diante.

No entanto, será que depois da firma aberta, AINDA vou depender de contador para fazer alguma coisa? Vou ter que ficar pagando contador mensalmente enquanto a empresa estiver aberta?


#20

Olá ....

Contador é obrigatório sim. Por lei toda empresa é obrigada a ter um contador no controle de suas finanças mas não importa se um escritório de contabilidade externo (pequenas firmas como as nossas) ou internos (médias/grandes empresas com controladoria)

O que importa é um profissional habilitador como contador responsável que irá assinar os livros e principalmente emitir os documentos legais (decore é um exemplo que só um contador tem acesso ao sistema para emitir já que não é simplesmente uma declaração)