GUJ Discussões   :   últimos tópicos   |   categorias   |   GUJ Respostas

Ingressar no merdado de trabalho com idade avançada


#1

Eu terminei minha faculdade faz uns 3 anos, mas ainda não conseguir emprego como programador Java, estou trabalhando como suporte técnico, não tenho experiência com desenvolvimento, penso em fazer uma segunda graduação em tecnologia para conseguir estágio como programador Java, com 36 anos de idade terei forte dificuldade para conseguir um estágio com intenção de entra no mercado de trabalho como programador ?


#2

Já tinha lido um post seu sobre isso: http://www.guj.com.br/t/conseguir-estagio-aos-40-anos-em-2015/23258
Tem boas respostas nesse post.

Em 2015 vc tinha 40 anos?

Respondendo sua pergunta, tudo depende e infelizmente não da pra dizer sim ou não, só tentando pra saber o que vai acontecer. Melhor tentar sempre.


#3

obrigado


#4

Ola

eu tenho a sua idade. temo que vc vai ter algumas dificuldades extra pois existe sim preconceito com idade no Brasil (quiça no mundo).

é uma questão de postura, de saber se vender, de demonstrar o seu potencial.

no seu lugar eu iria correr para conseguir amigos programadores, que pudessem me indicar para alguma vaga.

eu tambem tentaria abrir minha mente para outras oportunidades como a area de Testes/QA, Webdesign, entre outras coisas.

nem so de java vive o programador. de repente PHP te da mais oportunidades, ou Ruby on Rails, ou Python. Talvez vc ache uma oportunidade sua com Cobol. Mas hoje em dia poucos programadores podem ser dar ao luxo de saber uma linguagem só, ou uma tecnologia só. e olha q pra WEB a cada dia surge cada coisa nova...

se vc tiver que investir em uma coisa, invista em inglês. aprenda a ler bem. instale linux em um computador e brinque com isso. instale ruby e rails e brinque. instale mysql ou node.js ou mongodb e brinque.

suba um projeto no github. faça deploy no heroku. integre com New Relic. adicione google analytics.

compre livros ( novos ou usados ). existem formas de vc ler material bom, seja pela internet, por serviços como o Safari Books ou Amazon, etc.

o alura parece ter bons cursos.

o Maujor começou tarde e hoje é referencia em CSS.

agora sera que vc consegue? cara se vc tiver os amigos certos, se vc participar de dojos, se vc for a eventos ( as vezes tem coisas baratinhas ou mesmo de graça ) se vc tiver networking em algum momento isso acontece.

manda bala.

esqueci de uma coisa: existem varios tipos de perfis para um desenvolvedor de software. de fato vc nem precisa programar 100% do seu tempo, hoje existem atividades como DBA, Scrum Master, etc, que a experiencia é importante mas a exigência de programar é menor ou nula.

eu sou um programador que tem dominio razoavel em uma linguagem e conhecimento de outras, vou aprender rapido, tenho experiencia em algumas coisas, etc, mas nem sempre foi assim. uma boa forma de aprender é entrar em foruns e listas ver as duvidas, perguntas, aprender e um dado dia vc começa a responder. quando vc se da conta vc adquiriu um mega conhecimento, explorou coisas novas, etc.

se vc não tenta aprender uma tecnologia nova, se vc não tenta buscar exercicios, se vc não explora, se não sente prazer nisso, sinto lhe informar mas sera BEM dificil a sua jornada.

e se vc não se dedica, talvez vc deva fazer outras coisas, o que não é nenhum problema. eu tenho uma colega de trabalho que largou a carreira promissora para estudar marcenaria. Sim hoje ela trabalha com madeira.

cabe a vc descobrir.


#5

nossa, muito obrigado :)...


#6

Concordo com peczenyj, depende o quanto você vai se entregar na busca do seu objetivo. Primeiramente você tem que mostrar quem é, para o que veio, o quanto sabe, como esta preparado, ser diferente e pensar grande.
Muitas empresas buscam estes tipos de valores, um exemplo e a que trabalho hoje que não é do ramo de desenvolvimento, mas constantemente busca pessoas com estes valores firmando contratos com colaboradores de várias idades.


#7

Chegou a tentar concurso público como foi falado no seu post de 2015?


#8

tentei sim, mas não deu certo.


#9

eu lembrei que existe o mercado de automação industrial, onde vc vai programar coisas especificar para hardware como micro-controladores.

um exemplo são circuitos que abrem/fecham portas para onibus. eu tenho a impressão que esse meio valoriza os cabelos brancos, mas ai vc precisa alem de conhecimento de engenharia e eletronica, saber programação de "baixo nivel" como C ou Assembler.

não custa ir atras e ver se é viavel.


#10

É um processo contínuo.


#11

área de gestão tb valoriza cabelos brancos e nem precisa aprender a programar pra gerir um projeto.


#18

A idade não interfere, os pontos que mais pesam são esses abaixo.

1º postura profissional

A postura profissional vai fazer diferença na entrevista e apos ser contratado no período de experiência. Aconselho a pesquisar isso na internet.

2º Grade de relacionamento.

As vezes uma pessoa que você menos espera pode te indicar, ter postura flexível e receptível é fundamental.

3º Qualificação técnica.

Acredite, não tem tanta importância quanto pareça, as melhores empresas investem em Jovens que tem boa postura profissional e tem bom relacionar com pessoas.

A mesma coisa acontece com qualquer pessoa independente da idade.


#19

Acho que a resposta do nosso moderador @peczenyj é uma das nossa realidades, é um base para mais assuntos relacionados a nossa área.

:wink:


#20